quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

China usa drones para combater o coronavírus

A cidade de origem do surto de coronavírus, é uma cidade fantasma desde que a China colocou em quarentena os seus quase 11 milhões de habitantes.
Imagens misteriosas filmadas por drones mostram as ruas vazias enquanto as pessoas ficam em casa por medo de infeções. Agora, indivíduos e empresas na China estão expandindo seu uso de drones em todo o país para incluir anúncios de transmissão, pulverização de desinfetante e medição da temperatura das pessoas.




Drone
Photo Leila Stein

Na tentativa de controlar a propagação da doença e monitorizar o comportamento das pessoas, os drones voam, procurando pessoas sem máscaras e advertindo-as por isso.
Nas filmagens compiladas pelo Global Times, uma mulher idosa é repreendida por uma voz do drone que diz que deveria estar usando uma máscara e que precisa ir para casa e colocar uma.
De acordo com a  Bloomberg,  um fabricante de drones agrícolas está trabalhando em uma frota de drones que podem pulverizar desinfetantes nas áreas afetadas.
Outro fabricante na província de Anhui, na China, já está usando drones para desinfetar espaços públicos, de acordo com a  CGTN.

O coronavírus pode ter infetado 75.800 pessoas em Wuhan


Num post no Twitter, aqueles que não querem medir a temperatura num hospital na província de Jiangxi estão recebendo o serviço por drone na varanda.
A maioria dos cidadãos ocidentais pode não querer isso por causa de preocupações com a privacidade", disse Mark Tanner, diretor administrativo da empresa de consultoria em tecnologia China Skinny , com sede em Xangai, à  Bloomberg:  "Na China, as pessoas estão tão acostumadas à vigilância que podem não reagir com tanta força".


O misterioso surto chinês chegou á Europa


Referencia//Popularmechanics




1 comentário:

  1. deus abensoe que esta doensa este viros si acaba logo e que descubrao uma vacina espesializada

    ResponderEliminar