segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Vírus desconhecido espalha-se na China


No mês passado, na China, dezenas de pessoas na cidade de Wuhan adoeceram com uma nova doença, uma cepa do vírus da pneumonia, e as autoridades temem que ele se espalhe. Um vírus misterioso e não identificado atingiu dezenas de pessoas na cidade chinesa de Wuhan no passado mês de Dezembro, e a ameaça de uma potencial epidemia colocou o governo em alerta máximo.

Virus
Imagem//Needpix/Victor Tangermann



O que é Candida auris, o perigoso fungo resistente a medicamentos


As autoridades chinesas estavam inicialmente preocupadas com a possibilidade de o vírus SARS, que vitimou centenas de pessoas em 2002 e 2003, ter ressurgido, informou a CNN . No entanto, as autoridades de Wuhan, no domingo, descartaram esse fato e sugeriram que o vírus era um novo tipo de pneumonia.
As autoridades divulgaram que o vírus havia infetado 59 pessoas até o final do ano. Todos os pacientes foram colocados em quarentena, sete dos quais estavam em estado crítico, segundo a CNN . Até agora ninguém morreu e nenhum profissional de saúde ficou doente. Por precaução, as cerca de 163 pessoas que entraram em contato com os pacientes estão sob observação médica.

O aquecimento global vai permitir a expansão de doenças tropicais


Alguns dos pacientes infetados trabalhavam num mercado de frutos do mar que também vendia animais, incluindo pássaros e cobras, que foi fechado para limpeza na última quarta-feira.
"A preocupação agora encontrar a causa do surto", disse à CNN o especialista em pneumologia da Universidade Chinesa de Hong Kong, David Hui Shu-cheong. Ele acrescentou que a doença parecia ser algum tipo de "pneumonia viral nova e totalmente desconhecida".
Descobrir a origem do vírus e determinar como ele se propaga ajudaria as autoridades a determinar se se trata de uma nova potencial pandemia.
"Se apenas transmitir dos animais para as pessoas, agora que o mercado foi encerrado e higienizado, as probabilidades de haver mais pessoas infetadas serão baixas", disse à CNN o virologista da Universidade de Hong Kong, Leo Poon. “Na maioria das vezes, os vírus respiratórios podem ser transmitidos entre as pessoas e, é apenas uma questão de averiguar se é ou não contagiosa.



Nova pandemia pode matar 80 milhões de pessoas



Referencia//Futurism


Sem comentários:

Enviar um comentário