quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

Fabricantes de robôs sexuais revelam como será esta década


Embora a indústria dos robots sexuais tenha dado um grande salto na ultima década, graças aos avanços tecnológicos e à implementação de ferramentas de inteligência artificial, a próxima década promete levar os robôs sexuais a um novo nível, sugerem os principais fabricantes.
Os robôs sexuais, alguns dos quais já podem responder ao toque humano com a ajuda de sensores ou se envolver em uma conversa simples, tornar-se-ão ainda mais sofisticados e quase impossíveis de distinguir para os seres humanos em apenas cinco anos, disse Matt McMullen, fundador do RealDoll, ao The Daily Star.


Robots-sexuais
Photo//AFP 2019 / Behrouz MEH

O futuro dos robots sexuais


Segundo ele, em 2025 estes robots poderão ser tão realistas que uma pessoa poderá não conseguir distinguir que é uma criação de um humano a não ser através da conversa. A sua empresa já está fabricando esses brinquedos em tamanho natural, mais parecidos com os humanos, e instalando a tecnologia de reconhecimento facial. Isso permitiria que os robôs reconhecessem um proprietário na multidão. “A tecnologia de IA trás grandes oportunidades para a indústria”, afirmou ele. Embora “esteja ainda um pouco longe”, ele apontou que “tanto o lado da engenharia como o lado artístico percorrerão um longo caminho nos próximos 10 anos”.
"A IA pode começar a se aproximar de algo na categoria de mamíferos, mas não vejo, necessariamente, inteligência humana e, como tal, acho que não podemos sequer considerar a ideia de humano como autoconsciência. Essa é realmente a grande diferença com que faz com que as pessoas se preocupam com a IA ”, disse ele.

McMullen disse à agência que a aparência das bonecas também vai "melhorar grandemente" nos próximos cinco a dez anos.
Louie Love, fundadora de outra empresa no mercado de bonecas sexuais, a Silicone Lovers, insiste que seus novos designs já são tão humanos em termos de “aparência” que é “bastante fácil confundir as bonecas com seres humanos”.
"Chegamos ao ponto em que passamos pela síndrome do 'vale misterioso' e as bonecas realmente parecem pessoas reais, homens e mulheres. À medida que a tecnologia está se tornando mais avançada, o mesmo ocorre com os desenhos de nossas bonecas, um exemplo simples são algumas bonecas. Agora estão sendo fabricadas com scanners corporais 3D de seres humanos ", explicou, referindo-se a uma hipótese de que objetos humanoides que se parecem imperfeitamente com pessoas provocam sentimentos estranhos.

No entanto, de acordo com Louie Love, "pode ​​demorar muitas décadas, e não muitos anos" para os robôs sexuais atingirem esse níve”.
O especialista em IA, David Levy, espera que as personalidades possam ser carregadas para os robôs em um futuro próximo, marcando a conversa homem-computador “sendo este um dos maiores, se não o maior problema não resolvidos da IA”.
"E sempre acreditarei que, para que um robô sexual alcance um tipo de pináculo onde eles são quase indistinguíveis dos humanos, é preciso ter uma boa conversa. Se  quer um relacionamento com alguém, quer que seja interessante, com uma conversa divertida e amorosa ”, disse ele.



Robots sexuais podem vir a atacar humanos



Fonte//SputnikNews


Sem comentários:

Enviar um comentário