quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Descoberta garrafa anti bruxa

Uma garrafa de vidro, cheia de pedaços de unhas, foi encontrada nos Estados Unidos, e, apesar de não ser uma descoberta arqueológica comum, este artefacto da Guerra Civil pode ter representado uma espécie de talismã para afastar os maus espíritos.
Uma equipa de arqueólogos encontrou o artefacto centenário no Reduto 9, um forte no estado norte-americano da Virgínia. A garrafa cheia de restos de unhas humanas estava num sítio arqueológico no qual os investigadores procuravam pistas sobre a Guerra Civil que ocorreu no país, entre 1861 e 1865.




Garrafa-anti-bruxas
Photo bRobert Hunter


Estudo revela que os Deuses são consequência das sociedades complexas



Os cientistas da Universidade William & Mary disseram que a garrafa pode ter sido o depósito no qual os soldados depositavam os restos das suas unhas, depois de as cortar. No entanto, o objeto foi analisado, assim como o contexto histórico daquela época, e concluíram que o artefacto pode tratar-se de uma “garrafa contra as bruxas“.
Este tipo de recipiente era usado como amuletos pelos ingleses do século XVII, quando a Europa temia ser dominada por bruxas. Os objetos eram, então, utilizados como uma espécie de talismã ou até como uma forma de curar aqueles que estariam “contaminados pela bruxaria”.

Dentro das garrafas eram colocadas unhas humanas, espinhos, alfinetes, dentes humanos, anzóis, pedaços de vidro e até urina. Um artigo científico, publicado em 2012, explica que, naquela altura, acreditava-se que a urina atraía as bruxas que ficavam presas no recipiente graças aos alfinetes. Depois de devidamente fechadas, estas garrafas eram colocadas perto de uma lareira.
A garrafa foi descoberta perto de uma lareira, e mede cerca de 13 centímetros de altura e 8 centímetros de largura. O recipiente foi fabricado na Pensilvânia, o que sugere que pode ter sido colocado naquele lugar por um soldado. Foram encontradas cerca de 200 garrafas deste género na Grã-Bretanha, mas nos Estados Unidos foram descobertas menos de uma dúzia
Mesmo assim, não há a certeza de que este artefacto é um talismã contra espíritos maligno.


Referencia//LiveScience


Sem comentários:

Publicar um comentário