sábado, 25 de janeiro de 2020

AstroClipper o avião espacial voará em 2022


A Startup Exodus Space Corp., planeia construir um avião espacial para transportar carga. 
Eventualmente, essa carga pode incluir pessoas, se a aeronave for considerada suficientemente segura.

Astroclipper
Imagem Exodus Space

KLM financia o desenvolvimento do avião futurista “Flying V”


A aeronave espacial, chamada AstroClipper, levantará voo, fará o voo pelo espaço e pousará novamente como um avião normal. Um reforço de peso no back-end do avião espacial ajudá-lo-á a entrar em órbita, dando ao AstroClipper a velocidade necessária para sair da atmosfera da Terra.
O projeto é novo e ainda procuram financiamento, mas a equipa da Exodus, possui grande experiência na indústria espacial. Os diretores da empresa trabalharam na SpaceX, Lockheed Martin e NASA, entre outros.
O primeiro passo da empresa é um protótipo em 2022, que eventualmente transportaria a naves suborbitais e orbitais. O sonho seria transportar passageiros, na década de 2030, se a Exodus Space conseguir a classificação necessária para o transporte de pessoas
.
"Esse foi um projeto muito particular que está em andamento nos últimos 10 anos", disse Miguel Alaya, CEO da Exodus Space, à Space.com. "Não foi em período integral, mas um processo contínuo. Desde o ano passado, reunimos uma forte equipe de liderança para comercializar esse projeto".
Ele acrescentou que o transporte de passageiros só virá depois que o Exodus se sentir confiante de que poderá lançar de maneira confiável e regular. "Quando nosso conceito for bem entendido e tivermos um forte histórico de sucesso, começaremos a focar em aplicativos relacionados a humanos", afirmou.
O primeiro veículo de teste, chamado AstroClipper Pico, lançará uma aeronave do tamanho de um drone a 10 quilômetros de altitude para garantir que a tecnologia funciona. Se todo o financiamento e desenvolvimento for planeado, o Pico deverá voar por volta de 2022.

Astroclipper
 Imagem Exodus Space

NASA esta desenvolvendo aviões elétricos com célula de hidrogenio


Depois desse veículo, a Exodus Space poderá arrecadar mais fundos para se preparar para seus primeiros voos suborbitais, que a empresa espera alcançar em 2024. Isso será feito usando uma aeronave do tamanho de Cessna, chamada AstroClipper Nano, que será projetada para lançar até 220 libras (100 kg) de carga a aproximadamente 60 milhas (100 km) de altitude.
"Com esse veículo suborbital, temos como alvo pelo menos três mercados", disse Alaya. A Exodus está analisando pesquisa e desenvolvimento suborbital, pesquisa hipersónica (relacionada a veículos que movem cinco vezes a velocidade do som ou mais rápido, um campo de pesquisa em consonância com o governo dos EUA) e também um transporte ponto a ponto mais rápido para o governo e para clientes comerciais.

A Exodus Space planeia seguir o Nano com mais dois modelos do AstroClipper que poderão transportar cerca de 1.200 kg de carga para o espaço até 2030. A meta final atual da empresa é apelidada de AstroClipper Max e levaria até 20 passageiros em 2030, o veículo deve ser aprovado para transportar seres humanos.
Alaya reconheceu que a série de veículos AstroClipper está em um estágio inicial de desenvolvimento no momento, mas sustentou que a liderança da empresa tem o conhecimento necessário para ajudar a acompanhar o trabalho. "Observando o mercado nos últimos 10 anos, temos um forte entendimento de quais coisas podemos trabalhar ou não e, além disso, não somos novos no setor espacial ou na indústria aeroespacial", disse ele.
"Trabalhamos em veículos, naves espaciais e aeronaves. Somos uma equipe de liderança muito experiente. Também temos uma equipa extensa de cerca de 40 pessoas que nos ajuda com diferentes aspetos de nossa tecnologia. Temos uma grande equipa e depois de recebermos o financiamento, vamos começar a trabalhar ".

Referencia/Space



Sem comentários:

Enviar um comentário