sábado, 7 de dezembro de 2019

Carros elétricos chineses entram na Europa com preços de arrasar

A Aiways é o primeiro fabricante chinês de veículos elétricos autorizado a vender na Europa, e promete arrasar com preços competitivos, sendo que o seu SUV elétrico “midsize” chega a  metade do preço dos seus rivais!
Na China as vendas do Aiways U5, SUV elétrico, arrancou a 29 de novembro de 2019! E é o primeiro veículo 100% elétrico de marca chinesa que é comercializado na Europa!
A Aiways, com 3 anos de existência, é uma startup que nasceu em Xangai e obteve pela TUV Rheinland a certificação necessária para comercializar o seu SUV U5 em qualquer parte da União Europeia.




Aiways U5, SUV elétrico
Photo AutoCar

A Nikola, afirma ter uma tecnologia revolucionária para as baterias dos elétricos



Este modelo vem assim rivalizar com o Kia e-Niro, o Hyundai Kauai, e para isso passou no ECWVTA, o teste de certificações para a Comunidade Europeia de veículos elétricos.
Isto significa que as autoridades competentes consideram que este SUV cumpre com todas as normas e requisitos legais em matérias de segurança e ambiente, sendo assim passível de ser comercializado na Europa!
Alex Klose, vice-presidente de Operações no Exterior e Estratégia de Produto da Aiways surpreendeu ao dizer que inicialmente nem era este o objetivo. Mas que não podiam ignorar esta oportunidade de comercializar o SUV 100% elétrico a preços acessíveis e livre das restrições dos fabricantes europeus.
Os motivos não se prenderam apenas com a vontade de responder à procura europeia de veículos elétricos mais baratos, mas sim também por compensar a queda das vendas no mercado chinês.
No último ano as vendas na China caíram, muito devido aos cortes nos benefícios na aquisição de veículos elétricos, e assim a aposta no mercado Europeu foi visto de bons olhos!


Aiways U5, SUV elétrico
Photo AutoCar

Vem aí grandes novidades no campo dos camiões elétricos

A viagem do U5 de Xangai a Frankfurt

A 17 de julho o U5 deu início à uma viagem desde Xangai até Frankfurt, terminando a 7 setembro de 2019! 53 dias de estrada, 12 países atravessados (China, Cazaquistão, Rússia, Finlândia, Noruega, Suécia, Dinamarca, Holanda, Bélgica, França, Suíça e Alemanha), comprovaram assim a sua robustez e validade da tecnologia elétrica chinesa!
A viagem garantiu ainda uma entrada no livro dos Recordes, como a viagem mais longa de um veículo elétrico de sempre, exatamente 15022 km! De lembrar que passaram em zonas onde praticamente não existem postos de carregamento, como o Deserto de Gobi ou os Montes Urais… mas ainda assim nada deteve os chineses.

Quanto vai custar o SUV Aiways U5?

Tendo por base os atuais veículos elétricos, o SUV U5 tem como rivais o Hyundai Kauai Electric e Kia e-Niro, pretendendo atacar o segmento de mercado com preços baixos, mas boa relação qualidade-preço.
É maior que a concorrência, 4680mm de comprimento vs 4375 mm do e-Niro e 4180 do Kauai, sendo mesmo maior que um Audi Q5 (4663 mm de comprimento), é mais um modelo de médio porte do que compacto, e 1880 mm de largura e 1680 mm de altura.
O preço base tem sido avançado nos mercados internacionais de cerca de 25000 €, não é assim apenas uma ameaça aos concorrentes de veículos elétricos, mas também é altamente competitivo com as versões de  combustíveis convencionais
.


Aiways U5, SUV elétrico
Photo Portal energia

Cresce a procura para combustível de hidrogênio no Japão, e Austrália

Outras características do Aiways U5

Autonomia de 460 km, que podem ir até aos 560 se forem alugados módulos de baterias adicionais (não se sabe qual o protocolo de medição usado). No site da empresa fala de 503 km, o que corresponde a menos de 400 km com o ciclo NEDC.
Mas ainda assim estamos a falar de um elétrico com uma boa autonomia, mesmo se no ciclo WLTP tiver autonomia superior a 320 km!
Comparando com o novo Zoe, que custa 32000 € e tem uma autonomia de 313 km no ciclo WLPT, motor 110 CV e bateria limitada a 41 kWh!
O U5 tem uma bateria de 65 kWh de capacidade, densidade de 181 Wh/kg, podendo carregar em apenas 27 minutos entre 30% a 80% da sua capacidade, com um carregador rápido de 50 kW DC!
O motor deste elétrico gera uma potência máxima de 125 kW (170 CV) nas rodas da frente, mas a Autocar diz que afinal tem é 190 CV, coincidindo com o binário de 315 NM!



Aiways U5, SUV elétrico
Photo AutoCar

Empresa chinesa cria carro elétrico com autonomia para 30 dias


U5 vs adversários 

Num critério exclusivamente de preço vs autonomia, o chinês a custar 25000 € irá destacar-se!
O Niro elétrico tem 289 km de autonomia com a bateria mais pequena (39,2 kWh) mas não serve de comparação com o U5. Há que corresponder o acumulador maior (64 kWh) com 455 km de autonomia ciclo WLPT.
Em Portugal o Niro terá um preço de 49500 €, o Kauai de 44500 € o que daria quase para comprar 2 SUVs U5!
Quanto à prestação do Aiways U5, a marca não pretende obter qualquer recorde no circuito de Nürburgring, logo dos 0 aos 100 km/h vão 9 segundos (Kia 7,8 segundos; Hyundai 7,6 segundos), sendo que esta está limitada aos 100 Km/h em prol da autonomia!
Quando questionado se esse limitador não seria um problema para os europeus, Alex Klose disse que a velocidade é coisa do passado e as pessoas tendem a desfrutar mais da condução.
É verdade que o mercado automóvel sempre se destacou pela velocidade máxima, mas isso está a deixar de ser relevante. Claro que se o U5 fosse para ter destaque pela performance, tê-lo-iam projetado para esse fim, mas não é essa a ideia de um veículo elétrico, concluiu!






Sem comentários:

Enviar um comentário