segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Portugal terá a maior turbina eólica do mundo


Portugal será o primeiro país a receber a maior turbina eólica do mundo! É uma das 3 turbinas eólicas que serão colocadas em países europeus!
Trata-se de uma turbina criada pela ABS, com uma potência de 8.4 MW e espera-se que consiga gerar energia para alimentar cerca de 60 mil habitações. Será instalada na costa portuguesa, ao largo de Viana do Castelo.


Windfloat
Photo Thanational

Foi fabricada a maior turbina eólica do mundo


O projeto está sendo liderado pelo consórcio Windplus, composto pela EDP Renewables, de Portugal, pela ENGIE da França, pela Repsol da Espanha e pela empresa americana Principle Power . O governo de Portugal, a Comissão Europeia e o Banco Europeu de Investimento apoiaram financeiramente.
Baseia-se nos mesmos princípios que o conceito original projetado pela Principle Power, Windfloat 1, que foi instalado em Portugal em 2011.
Steven Barras, diretor técnico da Principle Power, disse: “A Principle Power está muito satisfeita em trabalhar com o ABS mais uma vez no quadro do projeto WindFloat Atlantic, aproveitando o sucesso do protótipo WindFloat 1”.

"O WindFloat Atlantic representa um marco importante para a indústria eólica offshore flutuante, pois é o primeiro parque eólico flutuante semi-submersível do mundo. Estamos orgulhosos de ter liderado o processo de definição de padrões da indústria desde os primeiros dias, juntamente com a ABS, e nós estamos ansiosos para levar a tecnologia WindFloat  a todo o mundo ".
Devido às suas fundações flutuantes, estes parques eólicos não estão sujeitos às mesmas restrições de profundidade que as estruturas fixas e podem estar em qualquer profundidade.
As grandes turbinas altamente eficientes reduzem os custos de capital e os custos operacionais; portanto, a implantação da maior turbina offshore flutuante do mundo é um marco significativo neste setor emergente”, disse Matt Tremblay, vice- presidente sênior de ABS offshore global .


Windfloat
Photo Luzligada

Irlanda investe 31 milhões de euros em parque eólico flutuante


João Metelo, executivo-chefe da Principle Power, disse que o Windplus foi o primeiro de seu tipo a ser totalmente desenvolvido como um projeto comercial. "Isso realmente prova a capacidade de financiar as turbinas flutuantes, o que até agora não era o caso", disse ele.
Viana do Castelo será o local da primeira instalação da maior turbina eólica do mundo, seguir-se-á Escócia, em 2020 e França (no Golfo de Lion).
O Presidente da ABS, Christopher J Wiernicji, explicou a visão da empresa… “As turbinas eólicas flutuantes permitem-nos alcançar as ondas do vento na água demasiado profundas para as turbinas convencionais. É um avanço que trará uma contribuição vital para a transição para a energia limpa


A Ilha Graciosa alimentada a 100 % por energias renováveis.


Ilhas Mauricias geram 14% da sua energia com recurso á biomassa




Fonte//Thenational


Sem comentários:

Enviar um comentário