segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Vem aí grandes novidades no campo dos camiões elétricos


Os camiões movidos a energia elétrica estão começando a ganhar popularidade. Os grandes fabricantes, como a Volvo, a Freightliner, a Daimler, a Mack, a Paccar, a Navistar, a Scania, a MAM, a DAF e até a startup Tesla, possuem atualmente investimentos em camiões elétricos.
A Volvo Trucks, por exemplo, vai introduzir nos Estados Unidos, em 2020, o modelo elétrico VNR. A empresa também anunciou que prevê a circulação de 80 mil camiões elétricos e a criação de 50 estações de carregamento nos próximos 14 meses (numa rede elétrica equivalente a uma pequena cidade).



Photo Carros

Cresce a procura para combustível de hidrogênio no Japão, e Austrália



Os camiões desse programa são do tipo trator e camiões normais com um peso bruto total de 30 toneladas e 37 toneladas, conforme a configuração. As variações na transmissão incluem trações 4x2, 6×2 e 6x4. Utiliza ainda uma tecnologia de propulsão e armazenamento de energia totalmente elétrico, baseada no sistema usado pela sua empresa-irmã, Volvo Buses, que já vendeu mais de 4.000 autocarros elétricos desde 2010.
No Brasil, uma feira voltada ao setor dos transportes rodoviários e de carga (Fenatran), realizada em São Paulo, teve a exibição de veículos comerciais elétricos, a gás natural, hidrogénio e de condução semi-autónoma. Segundo os organizadores o objetivo foi antecipar a visão dos veículos comerciais e da mobilidade nos próximos anos.


Photo Carros


Empresa chinesa cria carro elétrico com autonomia para 30 dias



Entre as marcas participantes, a DAF foi um dos destaques por prometer produzir veículos elétricos e híbridos na sua fábrica, em Ponta Grossa, no Paraná. Na Fenatran, com a tecnologia da matriz Paccar e de seus parceiros, Kenworth e Perterbilt, a DAF expôs as linhas de elétricos LF e CF.
O DAF LF Electric é um camião totalmente elétrico de 19 toneladas, que possui tecnologia Cummins com motor elétrico de 195 kW/266 cv (com pico de 250 kW/340 cv). É alimentado por uma bateria de 222 kWh, o que lhe dá um alcance de até 220 quilómetros com o camião totalmente carregado. E é ideal para distribuição urbana e regional.
A VW anunciou para 2020 o lançamento do e-Delivery, caminhão da categoria leve ideal para entregas urbanas
Já o DAF CF é projetado para operações de transporte até 37 toneladas. Conta com o powertrain inteligente que tem como base central um motor elétrico de 210 kW, alimentado por uma bateria de íons de lítio com capacidade de 170 kWh.



Photo Carros


BMW apresenta o i Hydrogen NEXT movido a hidrogénio


Numa realidade mais próxima, a Volkswagen afirma que vai lançar, em 2020, o camião elétrico e-Delivery. As primeiras unidades já estão sendo produzidas na linha de montagem de Resende, no Rio de Janeiro. Estará disponível nas versões de 9 ou 11 toneladas de peso bruto total, podendo receber diversas configurações de carroceria. Com foco no uso urbano, o caminhão é enquadrado como VUC (Veículo Urbano de Carga), dedicado à entrega de encomendas nas cidades. Possui emissão zero e nível de ruído extremamente baixo.
Os camiões elétricos são uma estrada para o futuro. Para o motorista, dirigi-lo exige uma adaptação: é mais sensível do que um veículo à diesel. Também para um caminhão EV, a questão do carregamento elétrico e a autonomia é de suma importância. Mas deverá ser uma tendência principalmente nas áreas urbanas em razão das rígidas legislações ambientais no mundo.

Nova tecnologia permite que um motorista conduza dois camiões


Grandes camiões da Nikola Motor movidos a hidrogénio



Referencia//Carros



Sem comentários:

Enviar um comentário