terça-feira, 29 de outubro de 2019

Avião ultra-secreto dos EUA voltou á terra após 780 dias em órbita

O avião espacial ultra-secreto X-37B da Força Aérea dos EUA voltou à Terra após 780 dias em órbita.
Lançado em 7 de Setembro de 2017, o veículo reutilizável pousou mais uma vez no domingo no Kennedy Space Center da NASA na Flórida, depois de completar sua a quinta missão de longa duração.
No primeiro lançamento, iniciado em 2010, planeou-se fazer voos de 270 dias, mas agora, quase uma década depois, esses aviões espaciais da Boeing, dos quais existem pelo menos dois, acumularam mais de 2.800 dias em órbita.



Photo//Dvids

Virgin Orbit pretende enviar cubesats comerciais para Marte


O que fazem essas naves lá por tanto tempo continua sendo um mistério, e o pouco que foi revelado é motivo de controvérsia. Numa declaração recente, a Força Aérea alega que está simplesmente realizando "experiencias na redução de risco e conceito de operações" para a tecnologia de naves espaciais reutilizáveis. Anúncios anteriores descreveram testes para navegação e controle, sistemas de proteção térmica, sistemas avançados de propulsão, reentrada e aterragem.
"Esse programa continua a ser o único veículo espacial reutilizável do mundo. Com uma aterragem bem-sucedida hoje, o X-37B completou seu vôo mais longo até o momento e completou com sucesso todos os objetivos da missão", diz o diretor de recursos da Força Aérea Randy Walden.
"Esta missão fez experiencias com sucesso do Laboratório de Pesquisa da Força Aérea, entre outros, além de registar pequenos satélites".

Desde 1962, as Nações Unidas mantêm um Registo de Objetos Lançados no Espaço Sideral para manter um controle a que países pertencem.
À medida que a órbita da Terra se torna cada vez mais movimentada, a regulação do espaço sem dúvida se tornará um enorme ponto de discórdia. Não apenas existe o medo de detritos perigosos voando ao redor do nosso planeta, mas também o problema da militarização secreta.
Quando começamos a navegar nessa nova fronteira, projetos misteriosos como essas missões da Força Aérea dos EUA, sem dúvida, serão submetidos a um escrutínio muito maior. O próximo lançamento de um desses aviões espaciais está marcado para o próximo ano.

O primeiro avião elétrico da NASA começou os testes de certificação



Referencia//ScienceAlert




Sem comentários:

Enviar um comentário