segunda-feira, 2 de setembro de 2019

O desastre natural mais devastador revelado por oficial da NASA


A humanidade deve preparar-se para a ameaça real dos asteróides que em rota de colisão com a Terra representam para o nosso planeta, de acordo com um oficial de defesa planetário da NASA.
 Enquanto os cientistas esforçam-se para conceber uma maneira de lidar com asteróides gigantescos nas proximidades de nosso planeta, o oficial de defesa planetária da NASA Lindley Johnson alertou que a humanidade não deve se preocupar com as despesas incorridas na busca desse objetivo, informa o Daily Express. .

 
Photo Photo Pixabay urikyo33

Mega asteroide passa pela Terra em Outubro


Numa entrevista ao jornalista Bryan Walsh para o seu livro recém-lançado “End Times”, o oficial diz que os asteróides podem não ser a principal ameaça que a humanidade poderá enfrentar, mas que o perigo que eles representam não deve ser ignorado.
"Na ordem natural das preocupações com calamidades naturais, não são com os asteróides que as pessoas devem se preocupar, o Near Earth Objects não está no topo da lista. Mas tem o potencial de ser o desastre natural mais devastador conhecido pelo homem", afirmou Johnson.




Ela sugeriu que o financiamento adicional para lidar com essa ameaça hipotética, seria prudente, porque “todo o dinheiro valeria a pena se impedir um evento que pode levar centenas de milhares de milhões  de dólares para recuperar, caso isso seja possível”.
"Definitivamente, é necessário que os governos financiem tecnologias para encontrar essas rochas enquanto dá tempo, porque você não pode fazer nada a menos que as encontre", observou ele.


Photo Pixabay AlexAntropov86


Asteroide explode nos céus de Puerto Rico



Anteriormente, Johnson apontou que, embora haja muitos asteróides passando nas proximidades de nosso planeta, são os que estão em rota de colisão direta com a Terra que representam uma ameaça real , e a humanidade deve se preparar para essa eventualidade.
 As notícias desse desenvolvimento chegam quando a NASA e a ESA se preparam para lançar uma missão conjunta ao asteróide binário Didymos 65803, a fim de testar um novo método de perfuração que pode permitir que os humanos alterem as trajetórias desses asteróides perigosos.

Asteroide pode provocar 'inverno cósmico' na Terra


Asteroide pode atingir a Terra em Setembro
















Sem comentários:

Enviar um comentário