domingo, 29 de setembro de 2019

Astrofísicos podem ter encontrado algo que pode causar a reversão no tempo

De acordo com a relatividade geral de Einstein, nada poderia viajar mais rapidamente do que a velocidade da luz no vácuo. Mas no espaço acontecem muitas coisas bizarras. Dois astrofísicos descobriram que rajadas de raios gama poderiam acelerar a uma velocidade maior que a da luz, chegando a níveis superluminais.


Photo  DESY, Laboratório de Comunicação Científica

Curiosamente esse estudo não vai contra a teoria de Einstein. Os astrofísicos Jon Hakkila e Robert Nemiroff (EUA) descobriram que apesar dessas explosões ultrapassarem a velocidade da luz nas nuvens de gásá sua volta, isso só acontece nos meios de transmissão dos jatos, e não no vácuo.
Os cientistas também dizem que os jatos superluminais poderiam causar a reversibilidade temporal que pode ser observada nas curvas de luz das rajadas de raios gama.
Jon Hakkila comparou ao fato de pedras que saltam quando atiradas a um lago. Quando se atira uma pedra para a água, e ela vem na nossa direção, ela atravessa o espaço entre os pontos onde toca na água, mais rápido do que as ondas que ela provoca quando bate na água. Curiosamente, à medida que a pedra se aproxima, observa-se as ondas criadas a cada salto na ordem inversa. As ondas criadas pelo últimos saltos chegariam até nós antes das causadas pelos primeiros.

Hakkila afirmou: “Os modelos padrão de rajadas de raios gama negligenciaram as propriedades da curva da luz reversível no tempo. O movimento do jato superluminal é responsável por essas propriedades, mantendo muitos recursos de modelo padrão”.

Novo estudo impulsiona a esperança de encontrar vida alienígena em Marte


Fonte//The Astrophysical Journal



Sem comentários:

Publicar um comentário