sexta-feira, 28 de junho de 2019

Asteroide explode nos céus de Puerto Rico


Um asteroide gigante do tamanho de um carro foi detetado pelos telescópios de pesquisa da Universidade do Havaí poucas horas antes de entrar na atmosfera da Terra, a cerca de 240 milhas ao sul de San Juan, Porto Rico. 
No momento da primeira observação, o asteroide estava a cerca de 500.000 km da Terra, bem mais distante do que a Lua que fica a 384.400 km.
Felizmente, isso não representava nenhuma ameaça real para nós, mas a tecnologia usada para detetá-lo poderia ajudar a alertar-nos para possíveis impactos no futuro.


Photo Pixabay

Asteroide pode provocar 'inverno cósmico' na Terra


O incidente prova que os sistemas de alerta de asteroides "podem lançar um alerta atempadamente para a zonas de provável impacto, para permitir a evacuação dessas zonas," de acordo com um comunicado.
Este acontecimento é extremamente raro, e, como aponta a Live Science, esta é a quarta vez na história que os cientistas identificaram um asteroide imediatamente antes do impacto, e todos os quatro nos últimos 11 anos.




O asteroide de 3.5 metros, batizado de 2019 MO, entrou na atmosfera numa gigantesca bola de fogo, o equivalente a 6.000 toneladas de TNT explodindo depois, de acordo com o Centro de Estudos de Objetos da Terra de Propulsão (CNEOS) do Jet Propulsion Lab.
O telescópio que avistou o primeiro asteroide chamado ATLAS (Asteroid Terrestrial-impact Last Alert System), consiste em dois telescópios que estão separados 160 Km em duas ilhas havaianas separadas. A cada duas noites, eles vasculham o céu inteiro, procurando asteroides.
Os satélites próximos também foram capazes de identificar o asteroide e sua explosão de fogo do espaço.
2019 MO pode parecer enorme, mas é minúsculo quando comparado como meteoro gigantesco que explodiu sobre a Rússia em 2013,que um era cinco vezes maior 20 metros, explodindo com quase cem vezes a energia.



Photo FalingStar

Asteróide Oumuamua pode ser nave espacial

Poderão os homens colonizar um asteroide



Fonte// Futurism




Sem comentários:

Publicar um comentário