terça-feira, 30 de abril de 2019

Tesla lança táxis sem condutor já no próximo ano


Elon Musk anunciou que a Tesla, fabricante de automóveis elétricos, vai lançar um serviço de táxis-robô nos Estados Unidos já em 2020, estendendo-se o objetivo a outros mercados.
 A promessa de Musk foi dada aos investidores no investor day, dedicado à condução autónoma, uma área na qual a companhia está a apostar e a investir fortemente, adiantando que, o serviço de táxis-robô só é possível graças ao grande esforço da Tesla conseguindo melhorias exponenciais alcançadas na condução autónoma.


Tesla Model3 Photo Portalenergia

O conceito "carro do futuro" quase no presente da China


Provavelmente, dentro de dois anos estaremos a fabricar carros sem volante e pedais”, afirmou Elon Musk, que reconhece que muitas vezes falha as suas previsões.
A Tesla fabricou um chip, que Musk afirma o melhor do mundo e que permitirá à companhia distanciar-se da concorrência. “É esta a mensagem fundamental a passar aos consumidores: é uma loucura completa comprar um carro que não um Tesla. É como comprar um cavalo”, afirmou o CEO da Tesla.
Já desde 2016 que a Tesla trabalha neste chip com o objetivo de equipar os automóveis com tecnologia de condução autónoma. Musk garante de que dentro de um ano existirá um milhão de carros com capacidade de condução autónoma total.


Segundo o empresário, os clientes da Tesla vão poder colocar os seus próprios carros numa plataforma em rede partilhada de táxis-robô, através da aplicação da empresa. Assim, aqueles que precisarem de uma boleia, só têm de chamar um destes táxis-robô através da aplicação, que chegará até eles mas sem condutor.
Estes avanços da Tesla foram revelados dois dias antes da apresentação dos resultados trimestrais da companhia, que segundo as previsões apontam, será mais um trimestre de prejuízos.

O conceito "carro do futuro" quase no presente da China


Grandes camiões da Nikola Motor movidos a hidrogénio

Venda de carros elétricos ultrapassa os convencionais na Noruega



Fonte//JornaldeNegócios




Sem comentários:

Publicar um comentário