terça-feira, 23 de abril de 2019

Animação mostra como seria a Terra se todo o gelo derretesse


Em 2015, a NASA revelou que o nível dos oceanos está subindo mais rápido do que o esperado, e a agência espacial prevê que suba pelo menos 90 cm nas próximas décadas.

Isso em si já seria suficiente para deslocar do litoral para zonas mais elevadas, milhões de pessoas em do mundo, mas se essa tendência continuar e todas as nossas calotas polares e geleiras derreterem, o nível dos oceanos subirá uns impressionantes 65,8 metros.
A equipe de vídeo do Business Insider criou uma animação, levando-nos a fazer uma viagem virtual no planeta Terra com todo o gelo derretido, e, é no mínimo aterrorizante.


O alagamento de algumas das áreas baixas provavelmente não nos surpreende. Ilhas e cidades com pouca altura acima do nível medio do mar, como Veneza, desaparecem rapidamente. Nos países asiáticos, a situação é bem mais caótica com cidades como Calcutá e Xangai ficando completamente submersas.
Nos Estados Unidos áreas como a Florida desaparece completamente do mapa.
O mais chocante é que este mapa não é uma espécie de projeção sem sentido de um futuro improvável. É uma certeza, do que irá acontecer ao nosso planeta num futuro não muito distante.






Na verdade, se houver carbono suficiente na atmosfera para aquecer tanto o planeta, a elevação do nível do mar seria provavelmente a menor das nossas preocupações. Com a temperatura média do planeta a rondar os 26,6 graus Celsius, em vez dos atuais 14,4 graus Celsius a vida animal e vegetal iria sofrer grandes impactos.



Mas enquanto todos nós ouvimos esses tipos de projeções, o nosso comportamento não se altera e olhamos pacificamente estas projeções como se não nos dissesse respeito diretamente.
Lembre-se do quão afortunados somos por vivermos no tempo em que podemos ver maravilhas como a Grande Barreira de Corais, Veneza e as Maldivas.

Agricultura e pecuária emitem mais gases efeito estufa que a produção de energia

20 Países africanos plantam uma 'Grande Muralha Verde' com 8.000 km

O aquecimento global vai permitir a expansão de doenças tropicais


Fonte//ScienceAlert

Sem comentários:

Publicar um comentário