domingo, 28 de abril de 2019

A descoberta de vida extraterrestre parece iminente


No cosmos existem milhões de exo planetas aproximadamente do tamanho da Terra. Várias luas, cometas e planetas possuem reservas de água, moléculas orgânicas e aminoácidos como aqueles que compõem a vida na Terra.
Cathal O'Donnell, um investigador de bioprinting em 3D do St. Vincent's Hospital, em Melbourne, argumentou que a abundância de mundos potencialmente habitáveis ​​torna a descoberta da vida extraterrestre "inevitável e possivelmente iminente".



Photo Pixabay

Por que não estabelecemos contato com civilizações alienígenas?



O'Donnell afirma que na enorme vastidão de espaço a enormíssima quantidade de exo planetas que orbitam em zonas habitáveis, os pontos onde os planetas não estão muito próximos nem muito distantes de sua estrela, torna a descoberta de vida extraterrestre esmagadoramente provável, citando pesquisas que calcularam em milhares de milhões os tais planetas onde a vida pode existir.


E só porque um planeta não tem um clima temperado não significa que a vida não pode existir. O'Donnell argumenta que na Terra a vida pode ser encontrada desde a Antártida, com temperaturas gélidas às fontes hidrotermais do fundo do mar com pressões enormes e temperaturas altíssimas, além de outros ambientes aparentemente inóspitos.
O fato é que nós só encontramos a vida num só lugar, a Terra, mas ainda não investigamos o cosmos além do sistema solar. O'Donnell prevê que seremos capazes de investigar a vida no espaço profundo num futuro próximo.


Photo Pixabay

OVNIs podem ser máquinas do tempo vindas do futuro



A antiga questão `estamos sozinhos?´, passou de uma reflexão filosófica para uma hipótese provável ”, escreve O'Donnell. “Temos que estar preparados para uma resposta."



Astrónomos detetam exoplaneta com potenciais condições de suporte à vida


Camara da Estação Espacial Internacional filma estranhos objetos nas imediações



Fonte//Futurism



Sem comentários:

Publicar um comentário