segunda-feira, 25 de março de 2019

China vai construir 20 centrais nucleares flutuantes


No final deste ano, a China começará a construir centrais nucleares flutuantes para fornecer energia a ilhas artificiais distantes no Mar do Sul da China.
 
Photo Futurism

Cientistas afirmam que só há uma saida: Energia Nuclear


Os reatores nucleares flutuantes parecem perigosos, mas a Corporação Nacional Nuclear da China planeja desenvolvê-los como uma alternativa mais barata do que transporta-la da China continental, de acordo com o Asia Times, e autoridades confirmaram que um protótipo já está sendo testado perto da costa de Shandong.



De acordo com o  Asia Times, o primeiro reator nuclear flutuante totalmente funcional da China deverá estar em condições de operar até 2021.
E não é o único país interessado em tecnologia similar. Espera-se que as centrais nucleares flutuantes da Rússia cheguem ao Círculo Polar Ártico ainda este ano. Para a China abastecer de energia todas as ilhas, será necessário construir cerca de 20, segundo o Asia Times.
Mas, mesmo além disso, se as plataformas nucleares funcionarem, a China pode construir ainda mais para fornecer energia ás suas instalações de extração de combustível fóssil no mar.


Bill Gates exige energia nuclear

Espanha aposta no hidrogenio como combustivel para automoveis


Acordo do governo Britânico para aumentar a energia eólica offshore


Fonte//Futurism



Sem comentários:

Publicar um comentário