sexta-feira, 8 de março de 2019

Aviões elétricos prestes a revolucionar a indústria da aviação


Desde o primeiro voo dos irmãos Wright em 1903, as viagens aéreas continuaram a inspirar as pessoas em todo o mundo e as companhias aéreas ajudaram a impulsionar a inovação nas viagens e na qualidade de vida.
À medida que mais e mais pessoas viajam e tornam-se cada vez mais conscientes de sua pegada ecológica. A aviação é uma das indústrias mais poluidoras, mas também é uma das que tem mais potencial para mudar as coisas.



Photo Exame


Voos hipersónicos estão para "breve"


As energias renováveis ​​continuaram com a sua tendência crescente na terra, à medida que os governos buscam fontes de energia mais responsáveis ​​e sustentáveis, enquanto os fabricantes de carros estão a construir mais modelos híbridos e elétricos, as companhias aéreas seguirão em breve o mesmo caminho.
Depois que o Solar Impulse 2 completou a primeira circunavegação do mundo numa aeronave movida a energia solar em 2016, as companhias aéreas e os fabricantes de aeronaves mostraram interesse em utilizar um equivalente comercial.







Bertrand Piccard, um dos pilotos responsáveis ​​pela jornada do Solar Impulse 2, ressaltou a importância das energias renováveis ​​no The Guardian, dizendo: “Todas as tecnologias limpas que usamos podem ser usadas em qualquer lugar. Agora voamos 40.000 km, mas agora cabe a outros fazerem mais. Essas tecnologias agora podem tornar o mundo muito melhor e temos de usá-las, não apenas para o meio ambiente, mas também porque são lucrativas e criam empregos ”.



Photo Inovaçao Tecnologica


Novo avião de transporte militar Russo, Il-276 voa em 2023



No ano seguinte, vários projetos foram financiados, já que o setor de transporte aéreo reconhecia o futuro dos métodos de transporte de baixo carbono. Em 2017, a Zunum Aero , uma pequena startup de aviação focada em fornecer uma variedade de aviões híbridos elétricos, recebeu investimentos da JetBlue e da Boeing, enquanto a EasyJet se uniu à Wright Electric para desenvolver aeronaves movidas a baterias e a NASA também anunciou seus planos de desenvolver aeronave elétrica.


Stratolaunch abandona projeto de foguetes mas mantem o super avião

Avião supersonico promete ligar nova York a Londres em 30 minutos



Fonte//Forbes





Sem comentários:

Publicar um comentário