sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Derretimento do gelo antártico pode submergir cidades inteiras


Segundo os cientistas, o nível do mar está aumentando, e fundamentados numa análise comparativa entre temperaturas e nível do mar de hoje e as registadas há mais de 100.000 anos, receiam que o rápido derretimento que está acontecendo na Antártida acelere o processo de forma alarmante.


Photo The Verge


Antartida está a perder massa de gelo a ritmo alarmante


Pesquisas recentes estudaram as temperaturas globais há cerca de 115.000 anos e descobriram que eram as mesmas que agora. No entanto, naquela época, vulgarmente conhecida como Eemiana, as temperaturas quentes do oceano causaram um derretimento do gelo avassalador, fazendo subir rapidamente o nível do mar.
O mesmo fenômeno pode estar acontecendo agora, A revelação assustadora é que, se as temperaturas oceânicas atuais são as mesmas que se registaram durante o período Eemiano, isso significa que o planeta poderá em breve sofrer uma subida rápida e devastadora do nível do mar.





"Se realmente o gelo da Antártida derreter como aconteceu no passado, não há nenhuma maneira fugir á subida do nível do mar em dezenas de metros," advertiu Rob Deconto, um especialista da Antártida na Universidade de Massachusetts, referindo-se aos inovadores modelos de computador detalhando o período Eemiano. Alertou que se as plataformas de gelo da Antártica passassem por fenômenos semelhantes, isso poderia trazer um verdadeiro desastre à Terra.


Ártico encerra perigo que ameaça todo o planeta



Se os oceanos aumentarem em apenas 1,80m, grandes áreas das cidades costeiras ficarão totalmente submersas.
"O que nós apontamos foi, se os acontecimentos observados na Groenlândia se estenderem a ambientes análogos na Antártida, então, como a Antártida tem uma camada de gelo muito espesso, as consequências seriam potencialmente catastróficas devido ao aumento do nível do mar ", disse DeConto.



Fonte//SputnikNews




Sem comentários:

Publicar um comentário