quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Cidades costeiras invadidas por “tsunamis” de gelo nos EUA




As cidades costeiras junto aos Grandes Lagos da América do Norte, entre os Estados Unidos e o Canadá, foram invadidas por enormes blocos de gelo, provocando faltas de energia e problemas no tráfego aéreo.
 A causa destas massas de gelo foi a intensidade do vento, com rajadas na ordem dos 100 quilómetros por hora que levantaram o gelo depositado na superfície dos lagos e o arrastaram para dentro das cidades. Não é a primeira vez que o fenómeno destes acontece na zona este norte-americana. Mas desta vez chegou mais cedo e foi mais intenso do que no passado.



Estes tsunamis de gelo acontecem quando ventos muito fortes incidem diretamente em zonas de costa ligeiramente inclinadas e levantam o gelo que está a superfície do lago.
 Quanto menos inclinação tiver a costa, mais o gelo é empurrado para dentro da cidade. Foi isso o que aconteceu em cidades como Hamburg em Nova York, nos EUA ou em Fort Erie, no Canadá.
Estas tempestades são mais vulgares no início da primavera, quando gelo começa a derreter.  “Nunca houve gelo a chocar contra as paredes e a entrar nos pátios”, garantiu um residente à WGRZ.




Isto aconteceu devido á combinação de dois fatores. Além dos ventos fortes que se registaram nos Grandes Lagos, houve uma grande mudança na temperatura que fez com que o gelo expandir e depois voltasse a contrair. Isso obrigou o gelo a mover-se e entrar pela costa formando autênticas paredes que invadiram as cidades como uma grande onda. Essas paredes geladas podem chegar a ter mais de 90 centímetros de largura e 1,50 metros de espessura.
Em 1822, um naturalista norte-americano não identificado alegou ter visto “rochas, ao nível do chão, deslocar-se gradualmente ao longo do leito de um lago ultrapassando todos os obstáculos”, conta a National Geographic.
A partir dessa data, foram registados fenómenos semelhantes noutras latitudes do hemisfério norte. E, em 2001, voltou a  acontecer, quando um “tsunami” de gelo com quase cinco metros de altura invadiu o Alaska saído do Mar de Tchuktchi.



Várias imagens destas invasões do gelo mostram barreiras de blocos de gelo a ladear as estradas ao longo do rio Niágara, em Fort Erie. Um homem garantiu que este fenómeno foi “uma das coisas mais loucas” que alguma vez testemunhou e que o gelo está a derrubar árvores e candeeiros.

O que irá acontecer á humanidade se a Antártida colapsar


A National Weather Service em Buffalo avisou: “Esta é uma situação particularmente perigosa! Se tem de viajar, prepare-se para encontrar estradas interrompidas, danos extensos e linhas de energia caídas”. Além disso, o Serviço de Emergência da Cidade de Hamburg também informou estar a decorrer uma evacuação de Hoover Beach neste momento.


Fonte//Natgional Geografic




Sem comentários:

Publicar um comentário