domingo, 24 de fevereiro de 2019

A razão da Terra possuir uma atmosfera


A atmosfera da Terra é enorme, chegando até a afetar a rota da Estação Espacial Internacional. Mas como esse envelope gasoso gigante se formou?
Nos temos atmosfera por causa da gravidade. Quando a Terra se formou, há cerca de 4,5 biliões de anos, o planeta de rocha fundida nao tinha uma atmosfera. Mas como o planeta arrefeceu, formou-se uma atmosfera, em grande parte a partir de gases expelidos de vulcões, de acordo com o Smithsonian Environmental Research Center  (SERC). Esta atmosfera antiga era muito diferente da de hoje. Tinha sulfeto de hidrogênio, metano e 10 a 200 vezes mais dióxido de carbono do que a atmosfera moderna, segundo a SERC.


Photo Proprofs

Os objetivos climáticos do Acordo de Paris



"Acreditamos que a Terra começou com uma atmosfera parecida como a de Vênus, com nitrogênio, dióxido de carbono, talvez metano", disse Jeremy Frey, professor de físico-química da Universidade de Southampton, no Reino Unido. "A vida começou de alguma forma, quase certamente no fundo de um oceano."
 Após cerca de 3 biliões de anos, o sistema fotossintético evoluiu, o que significa que os organismos unicelulares usaram a energia do sol para transformar moléculas de dióxido de carbono e água em açúcar e gás oxigênio. Isso aumentou os níveis de oxigênio, disse Frey à Live Science. " Podemos mesmo dizer que esse é o maior evento da evolução, porque lentamente transformou o planeta", disse ele.

Atualmente, a atmosfera da Terra consiste em aproximadamente 80% de nitrogênio e 20% de oxigênio, disse Frey. Existe também é lar de árgon, dióxido de carbono, vapor de água e muitos outros gases, de acordo com o Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica (NCAR).
 A nossa atmosfera protege a Terra dos raios do sol e reduz os extremos de temperatura, agindo como um edredom á volta do planeta. Enquanto isso, o efeito estufa significa que a energia do sol que chega à Terra fica na atmosfera, absorvida e liberada pelos gases do efeito estufa, de acordo com o NCAR . Existem vários tipos diferentes de gases de efeito estufa, os principais são dióxido de carbono, vapor de água, metano e óxido nitroso. Sem o efeito estufa, a temperatura da Terra estaria abaixo do ponto de congelaçao.



No entanto, hoje, os gases de efeito estufa estão fora de controlo. À medida que se liberta mais dióxido de carbono na atmosfera, o efeito estufa da Terra fica mais forte, de acordo com o NCAR. Por sua vez, o clima do planeta fica mais quente.
Curiosamente, nenhum outro planeta no universo tem uma atmosfera como a da Terra . Marte e Vênus têm atmosferas, mas não podem suportar a vida (ou, pelo menos, vida semelhante à da Terra), porque não têm oxigênio suficiente. De fato, a atmosfera de Vênus é principalmente o dióxido de carbono com nuvens de ácido sulfúrico, o "ar" é tão espesso e quente que nenhum humano poderia respirar ali. Segundo a NASA, a atmosfera espessa de dióxido de carbono de Vênus aprisiona o calor num efeito estufa descontrolado, tornando-o o planeta mais quente do nosso sistema solar. As temperaturas da superfície são tão quentes que podem derreter o chumbo.



Photo Jovemexplorador


Alterações climáticas podem tornar os verões mais tempestuosos




"O fato de a Terra ter uma atmosfera é caso unico em relação aos planetas do sistema solar, pois é muito diferente de qualquer outro planeta", disse Frey. Por exemplo, a pressão de Vênus é de cerca de 90 atmosferas, o equivalente a mergulhar a 914 metros de profundidade na Terra. "As sondas espaciais russas que foram para Vénus foram literalmente esmagadas pela pressão segundos depois de entrarem da atmosfera ", disse Frey
Então, a atmosfera da Terra é vida, e sem ela, a vida como a conhecemos não existiria. "A Terra precisava da atmosfera certa para a vida para começar", disse Frey. " A atmosfera é uma parte totalmente integral do sistema biológico".



Sem comentários:

Publicar um comentário