domingo, 27 de janeiro de 2019

Stratolaunch abandona projeto de foguetes mas mantem o super avião



A Stratolaunch, é uma empresa privada de voos espaciais que está construindo o maior avião do mundo está reduzindo o trabalho continuando, no entanto, a trabalhar no seu enorme avião de transporte de dupla fuselagem, mais alto do que um prédio de quatro andares, do chão à ponta da cauda.  A Stratolaunch  abandonará os planos para uma nova família de foguetes projetados para serem lançados de um avião em pleno voo.


Photo LiveScience


Cientistas russos estudam a construção um motor foguete de plasma



"A Stratolaunch está terminando o desenvolvimento dos veículos de lançamento e um motor de foguete", disse um porta-voz da Stratolaunch em um comunicado à Live Science. "Estamos agilizando as operações, com foco na aeronave e nossa capacidade de apoiar um lançamento de demonstração do veículo de lançamento aéreo Northrop Grumman Pegasus XL. Estamos imensamente orgulhosos do que conseguimos e esperamos o primeiro voo em 2019
A Stratolaunch Systems Corp,foi fundada pelo bilionário Paul Allen , o co fundador da Microsoft que faleceu em outubro passado, aos 65 anos.






A visão de Allen era criar um enorme avião de transporte que pudesse decolar de uma pista e depois lançar foguetes na órbita baixa da Terra a partir da altitude de cruzeiro. O conceito destina-se a permitir que vários satélites sejam colocados em diversas órbitas durante uma única missão.

A Stratolaunch planeou usar os foguetes de lançamento aéreo Pegasus XL, construídos pela Orbital ATK, para colocar os satélites em órbita durante suas primeiras missões. Com uma envergadura de 385 pés (117 metros), a aeronave Stratolaunch pode transportar até três foguetes Pegasus num único vôo, com os foguetes colocados por baixo da asa central do avião.

Em Agosto de 2018, a Stratolaunch anunciou que também estava desenvolvendo sua própria família de lançadores, incluindo um "Veículo de Lançamento Médio. Carga útil (3.400 quilogramas). Esses lançadores estariam prontos  em 2022.
O GeekWire , que divulgou pela primeira vez as notícias sobre a Stratolaunch no final da semana passada, também informou que mais de 50 funcionários da Stratolaunch foram despedidos devido à nova estratégia. O porta-voz da Stratolaunch não comentou este assunto.

A empresa ainda não marcou uma data para o primeiro voo, mas a Stratolaunch vem realizando testes constantes no Mojave Air and Space Port, na Califórnia. O veículo chegou a 219 km / h durante seu mais recente teste em 9 de janeiro.


Sem comentários:

Publicar um comentário