terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Cientista da NASA revela sinal que indicaria um apocalipse iminente


Um astrônomo divulgou que, apesar do que pensam os defensores da teoria da conspiração, os cientistas não conseguirão ficar calados e esconder a verdade se e quando tiverem a certeza de uma catástrofe.




Photo SputnikNews

Grande Colisão entre Via Láctea e a Grande Nuvem de Magalhães


Michelle Thaller, diretora assistente de comunicação científica da NASA, revelou ao site Big Think, que, um dos sinais mais garantidos​​  que vai acontecer o apocalipse é, o "dia em que todos os cientistas esgotarem os seus cartões de crédito e desaparecem", aí sim, as pessoas devem preocupar-se.
 Ela explicou que a comunidade científica consiste em seres humanos comuns que não apenas cientistas que estarão sentados no trabalho sabendo que "o mundo acabará dentro de uma semana".








Thaller acrescentou que a NASA não é a única a vigiar o céu e a procurar ameaças potenciais, e porque os astrónomos de todo o mundo estão a fazer o mesmo, seria quase impossível esconder a verdade sobre uma catástrofe iminente. Ela assegurou que, mesmo com uma pequena possibilidade de uma "colisão catastrófica" entre a Terra e um asteroide, a NASA informaria não apenas as autoridades, mas também os meios de comunicação.

O cientista observou que a NASA está atualmente trabalhando em métodos para, não apenas informar sobre possíveis ameaças, mas também para evitá-las. O astrônomo explicou que é possível alterar a trajetória dos objetos espaciais e forçá-los a desviar-se do planeta e evitar um impacto mortal.

Poderão os homens colonizar um asteroide



No ano passado, a NASA apresentou sua "Estratégia de Preparação de Objetos da Terra Próximo à Terra e Plano de Ação", que visa encontrar, rastrear e evitar objetos potencialmente perigosos que possam atingir a Terra e resultar em destruição maciça. Existem atualmente cerca de 25.000 asteroides no sistema solar que são grandes o suficiente para causar grandes danos ao nosso planeta.





Sem comentários:

Publicar um comentário