sábado, 15 de dezembro de 2018

Primeiro robot sexual americano começa a ser entregue aos compradores


Apesar de ter o lançamento atrasado quase um ano, o primeiro robot sexual “Harmony” deverá ser entregue ao primeiro proprietário.  
Uma versão avançada do robot sexual produzido nos Estados Unidos há muito que é aguardado, e foi finalmente fabricada devendo ser entregue aos clientes dentro das próximas semanas. Brick Dollbanger é  a primeira pessoa a ter um robô sexual Harmony apesar de custar cerca de US $ 10 mil, segundo Daily Star .



Photo realbotix / instagram


Veja Tambem Empresário russo abre bordel de bonecas da Finlândia



A boneca com o nome sugestivo de “Harmony” surpreenderá os entusiastas do sexbot com uma infinidade de “atualizações sensoriais”, falando fluentemente, e com movimento, ou seja, o chamado modo X.
Sua cabeça robótica em tamanho natural pode ser colocada num corpo de boneca a gosto do cliente, e tudo o que faz pode ser controlado por um aplicativo de smartphone. O fundador e proprietário da Realbotix Matt McMullen e sua equipe têm trabalhado incansavelmente para tornar possível o lançamento de uma “Harmony” avançada.







Brick Doolbanger, tem testado a Harmony e aconselhando Matt nas alterações, no programa e a aparência da boneca, assegurou aos clientes que compraram a cabeça robótica antropomórfica que a espera "valeu a pena".
A edição britânica do Daily Star publicou uma série de fotos dentro do laboratório Realbotix mostrando longas filas de "kits de cabeça" ainda em construção da Harmony e moldes de silicone, que aguardam para serem colocados em breve nas cabeças dos ciborgues.


 Photo realbotix / instagram


Veja Tambem Robô humanoide da Boston Dynamics salta degraus enormes


De acordo com as campanhas promocionais da empresa, que surgiram antes da data de lançamento inicialmente proposta em 2017, o alto nível da Harmony permitirá que os utilizadores satisfaçam seus “desejos sexuais mais selvagens”.





Fonte//SputnikNews




Viagem no tempo é tecnicamente possível



Viajar no tempo sempre despertou a imaginação de físicos e leigos. Mas será realmente possível?
Se pudéssemos viajar á da velocidade da luz, ou na proximidade de um buraco negro, o tempo diminuiria, permitindo-nos viajar arbitrariamente para o futuro. A questão realmente interessante é se podemos viajar de volta ao passado.


Photo GettyImages



A teoria geral da relatividade de Einstein permite a possibilidade de distorcer o tempo de tal modo que ele se dobra sobre si mesmo, resultando em um loop temporal. Imaginemos viajar nesse ciclo. Isso significa que em algum momento, acabaríamos num momento do passado e começaríamos a viver momentos já vividos, tudo de novo, um pouco como o deja vu, exceto que iriamos perceber isso.

Tais constructos são frequentemente referidos como "curvas fechadas do tipo tempo" ou CTCs na literatura de pesquisa, e popularmente referidas como "máquinas do tempo". As máquinas do tempo são um subproduto de esquemas de viagem eficazes e mais rápidos do que a luz e entendê-las pode melhorar nossa compreensão sobre como o universo funciona.


Nas últimas décadas, físicos bem conhecidos como Kip Thorne e Stephen Hawking fizeram trabalhos seminais sobre modelos relacionados a máquinas do tempo.
A conclusão geral que emergiu de pesquisas anteriores, incluindo as de Thorne e Hawking, é que a natureza proíbe os ciclos de tempo.
Isso talvez esteja mais bem explicado na " Conjectura de Proteção Cronológica ", de Hawking , que essencialmente diz que a natureza não permite mudanças no seu passado, poupando-nos assim dos paradoxos que podem surgir se a viagem no tempo fosse possível.


Photo Pixabay


Talvez o mais conhecido entre esses paradoxos que emergem devido à viagem no tempo para o passado é o chamado "paradoxo do avô", em que um viajante volta ao passado e mata seu próprio avô.
Isso altera o curso da história de uma maneira que surge uma contradição: o viajante nunca nasceu e, portanto, não pode existir.
Tem havido muitos enredos de filmes e novelas baseados nos paradoxos que resultam da viagem no tempo, os mais populares talvez sejam, Back to the Future e o Dia da Marmota .






Dependendo dos detalhes, diferentes fenômenos físicos podem intervir para impedir que curvas fechadas de tempo se desenvolvam nos sistemas físicos. O mais comum é o requisito para um determinado tipo de matéria "exótica" que deve estar presente para que um ciclo de tempo exista.
Vagamente falando, matéria exótica é a matéria que tem massa negativa. O problema é que a massa negativa não é conhecida na natureza.
Caroline Mallary, uma estudante de doutorado na Universidade de Massachusetts Dartmouth publicou um novo modelo para uma máquina do tempo na revista Classical & Quantum Gravity .
Este novo modelo não requer nenhum material exótico de massa negativa e tem um design muito simples.


Veja Tambem Cientistas criam supercomputador para imitar o cérebro humano



O modelo de Mallary consiste em dois carros super compridos, construídos de material que não é exótico e tem massa positiva estacionados lado a lado. Um carro avança rapidamente, deixando o outro estacionado. Mallary consegui demonstrar que, em tal configuração, há um loop temporal no espaço entre os carros.
O modelo de Mallary exige que o centro de cada carro tenha densidade infinita. Isso significa que eles contêm objetos, chamados  singularidades, com densidade, temperatura e pressão infinitas.




Além disso, ao contrário das singularidades que estão presentes no interior dos buracos negros, o que as torna totalmente inacessíveis do exterior, as singularidades no modelo de Mallary são completamente visíveis ​​e, portanto, têm verdadeiros efeitos físicos.
Esses tais objetos peculiares não existem na natureza, então, infelizmente, essa máquina do tempo não estará disponível tão cedo.
No entanto, este trabalho mostra que os físicos podem ter que alterar suas teorias sobre o porquê de curvas fechadas semelhantes ao tempo serem impossíveis.


//Sciencealert







sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Volkswagem ID mantem-se igual ao apresentado em 2016


Apresentado no Salão de Paris de 2016, o novo elétrico da Volkswagen, o ID deverá ter o seu lançamento oficial no início de 2020, não devendo mudar praticamente nada em relação ao conceito apresentado.
Photo VW

Veja Tambem Quantino, o automóvel movido a agua salgada, zero emissões CO2


 Recentemente, o chefe de design da VW, Klaus Bischoff adiantou que as proporções, as sugestões de design e até o tamanho das rodas são os mesmos do protótipo., Só não vai manter os espelhos retrovisores com câmaras por razões legais, nem as maçanetas elétricas devido ao custo, de restou é tudo igual.
Photo VW







As dimensões originais também devem ser mantidas, sendo as do protótipo de 4,10 metros de comprimento (15,5 cm menos que o Golf), 1,53 m de altura e 1,80 m de largura, sendo de 2,75 m entre eixos. A plataforma será a MEB, exclusiva para modelos elétricos, e a motorização será a já apresentada, motor elétrico no eixo traseiro com 170 cv, para uma aceleração de 0 a 100 km/h em 8 segundos e autonomia a volta dos 600 km.
Photo VW


Veja Tambem Descobertos 200 Fiat com 0 Km num revendedor na Dinamarca



Toda a produção será concentrada na Alemanha, na fábrica de Zwickau, região da Saxônia.
O nome do modelo provavelmente terá o nome de “Neo” e chegará ao mercado antes da dos modelos Kombi (ID Buzz) e Do SUV (ID Crozz). Os concessionários da Europa, Estados Unidos e China serão as primeiras a receber a nova gama.



//Autocar




Dois tecnicos morreram numa estaçao cientifica na Antartida


Dois técnicos de manutenção de equipamento de combate a incêndios, morreram devido a um incidente ocorrido na estação científica McMurdo da Antártida.
Segundo a National Science Foundation (NSF), no passado dia 12 de Dezembro, os dois técnicos faziam manutenção de rotina no sistema combate a incêndio do gerador que alimenta um transmissor de rádio perto da estação. 

Photo Gaelen Marsden / Wikimedia 

Veja Tambem Dados de satélite segredos sob a Antártida



Um problema aconteceu e os técnicos não voltaram no horário estipulado, o que fez o piloto do helicóptero que os aguardava ir procura-los. Foram prestados primeiros socorros, não evitando que um morresse no local, enquanto o outro foi transportado para uma clinica, tendo falecido depois de chegar.





A Estação McMurdo é a maior estação científica da Antártida e pode receber até 1.258 habitantes, estando localizada na ponta sul da ilha de Ross , uma parte da Antártida reivindicada pela Nova Zelândia Esta estação é uma pequena “cidade”, com três pistas de aterragem, um porto, um heliporto e mais de 100 edifícios.

Nela fazem-se estudos em muitas áreas de pesquisa que como a astrofísica, biologia, geologia e climatologia.
São vários os cientistas baseados nas instalações, a maioria dos habitantes é composta por pessoal de apoio, como engenheiros, pessoal de informática, trabalhadores de construção e manutenção.



Fonte//ScienceAlert



quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

"Super areia" pode transformar agua contaminada em água potável


Em muitas zonas do mundo, o acesso à água potável e saneamento é escasso. Parece que surgiu agora, uma solução barata e eficaz para solucionar esse problema. Chamada de “super areia”, trata-se de um material de baixo custo e consegue transformar agua impropria para consumo em agua potável.
Photo Observatorio3setor

Veja Tambem Boas noticias, buraco do ozono quase recuperado.



A tecnologia consiste e produzir grãos de areia revestidos de um material muito comum e muito disponível, o grafite (usado no fabrico de lápis). Na Austrália, muitas empresas mineiras que extraem grafite produzem resíduos que poderiam ser utilizados para esse fim.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 60% da população da África subsaariana e 50% da população na Oceânia utiliza fontes de água com boa qualidade. O problema da falta de água potável é uma realidade de muitos países, principalmente nos subdesenvolvidos.







O uso da grafite na purificação da água já remonta a antiguidade, mas com as tecnologias atuais, é possível modificar o óxido da grafite para torná-lo mais seletivo e sensível a certos poluentes, como elementos orgânicos ou metais presentes na água contaminada. Uma vantagem da “super areia” é que ela é mais barata do que técnicas de purificação envolvendo carvão ativo, e provavelmente mais rentável e parece ser uma boa solução para colmatar a falta de água potável nesses países.

Veja Tambem Ilhas Mauricias geram 14% da sua energia com recurso á biomassa





Fonte//BBC




O aquecimento global leva cada vez mais a situações climáticas extremas


As situações climáticas extremas são cada vez mais comuns, com situações extremos de chuva, num lado e extremos de seco no outro.
Os Estados Unidos central e oriental, o norte da Europa e o norte da Ásia sofreram situações de chuva extrema que causou inundações catastróficas recentemente. Contrariamente, a maioria das regiões africanas tem sido atingida por secas extremas cada vez mais graves e frequentes.
Photo Sim Noticias

Veja Tambem Descoberto gelo "quente" no glaciar mais alto do mundo



O Instituto Potsdam para Pesquisa do Impacto Climático (PIK) elaborou um estudo que é o primeiro a analisar e a quantificar sistematicamente as mudanças de precipitação mensais extremas, examinando dados de cerca de 50.000 estações meteorológicas em todo o mundo.

Foram analisados detalhadamente os dados mensais de precipitação observados. Podem ser apenas alguns dias de valores recorde causar grandes inundações, ou a grandes secas, se o registro for a falta de precipitação. Segundo afirmações do autor do estudo Jascha Lehman. Os impactos nos meios de subsistência das pessoas nas regiões afetadas podem ser enormes, e que vão desde casas inundadas até segurança alimentar ameaçada devido a perdas de produções e mesmo de campos agrícolas.





Os EUA tiveram um aumento de mais de 25% nos meses chuvosos com valores altos nas partes leste e central no período de 1980 a 2013. A Argentina e os países vizinhos tiveram um aumento de 32%. No centro e norte da Europa, o aumento é entre 19 e 37 por cento. Na parte asiática da Rússia, o aumento é de cerca de 20%, enquanto o Sudeste Asiático mostra um aumento de cerca de 10%.

Foram verificados aumentos nos valores recorde de pluviosidade exceção feita apenas em África a sul do Saara e na região do Sahel, onde os registros de seca aumentaram em 50%. Isso significa que aproximadamente um em cada três meses de seca nessas regiões não teria ocorrido se não houvessem mudanças climáticas a longo prazo.
As regiões dos trópicos e subtópicos têm registado períodos maiores de seca e abaixamento nos valores de precipitação, e as zonas a latitudes médias a norte mais húmidos com os valores de precipitação a aumentarem, isso segue os padrões que os cientistas alertam como consequências das mudanças climáticas
 
Photo AntvNews
Foram comparados os valores de extremos de chuva e extremos de seca com o número de extremos que seriam esperados num clima estável e sem mudanças de longo prazo. Foram verificados valores até então nunca registados em certas zonas, tendo em conta os registos meteorológicos existentes de há mais de 100 anos. É claro que alguns registos de precipitação devem-se simplesmente à variabilidade natural. Normalmente, situações climáticas recordes ocorrem por acaso

Veja Tambem Se não forem tomadas medidas urgentes a nossa sobrevivência poderá estar ameaçada


É preocupante termos aumentos significativos das tais situações extremas com apenas um grau de aquecimento global. Os governos dos países de todo o mundo reúnem-se na conferência climática da ONU, e se não concordarem com soluções apresentadas para limitar o aquecimento não permitindo que aumente mais que 2 graus, estaremos no caminho de aumentos de 3 ou 4 graus ainda neste século. A física diz que isso aumentaria ainda mais as situações climáticas extremas.




Fonte//ScienceDaily





Qual o futuro das células de combustível


Os combustíveis fosseis, apesar de serem os mais usados, são a causa principal do aumento dos níveis de poluição. Os países estão a implementar legislação cada vez mais exigente, e as limitações nas reservas dos mesmos combustíveis, encarecem o seu custo. Por outro lado a ausência de regulamentos no sector de distribuição de energia elétrica, com grandes perdas elétricas, acidentes com radiações eletromagnéticas, localização e custos de centrais elétricas, são preocupações que a nível global estão a alarmar cada vez mais a humanidade.
Estas questões são um bom motivo para a investigação e desenvolvimento de novas fontes de energia ecologicamente limpas e altamente eficientes e com ciclos de vida renováveis.
As células de combustível representam uma alternativa eficiente para a conversão de energia no futuro, independentemente do combustível, seja ele o hidrogénio, o metanol, o metano, o etano ou o etanol)
Photo Hydrogenics


Veja Tambem Turbina das marés mais poderosa do mundo


Um grande número de organizações e empresas assumiram o desafio de iniciarem a comercialização de células de combustível. Existe muita discussão ligada á tecnologia das células de combustível. Áreas como, a modelização, catálise, fabrico industrial e controlo, representam desafios adicionais à espera de serem compreendidos e solucionados.





Na qualidade de tecnologia alvo de interesse recente, as células de combustível apresentam um elevado potencial de desenvolvimento. As tecnologia concorrentes ás células de combustível, incluindo turbinas de gás e motores de combustão interna, já atingiram um nível de desenvolvimento muito avançado. Ainda existem diversos problemas importantes por resolver na tecnologia das células de combustível de maneira a conseguir lançar no comércio em larga escala.

Veja Tambem Empresa norueguesa vai usar biogás como combustivel dos seus navios


Todos os dias surgem melhorias como, por exemplo, novas membranas de permuta protónica, melhores catalisadores, melhores desenhos das células e novos modos de funcionamento dinâmicos, estando a ser investigadas e desenvolvidas diversas soluções possíveis para os problemas das células de combustível.
Podemos assumir que tudo está a ser feito para tornar comercial uma tecnologia limpa, eficiente e renovável.




Fonte//Portalenergia


quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Estes são os sinais que alguém esta sendo atraído por si



Quando estamos interessados em alguém será que involuntariamente enviamos sinais que podem ser detetados?
A revista Psychological Bulletin publicou uma pesquisa onde indicam que sinais são esses e se são reais. Os investigadores analisaram mais de 50 estudos que se focalizaram precisamente nos comportamentos que demonstram atração e interesse amoroso, tendo em conta as variações entre diferentes culturas.
Photo  O Globo


Veja Tambem As fantasias sexuais podem melhorar a sua relação



Descobriram que comportamentos como troca de olhares, sorrisos, risadas e iniciar conversas indicam que há atração na maioria das culturas. Nas culturas ocidentais, a concordância e a repetição dos comportamentos e ideias também foram apontados como fortes indicadores.
Foram identificados sinais mais evidentes que demonstram que a atração existe. Suscitar a confiança e o interesse é um deles. Quando alguém se sente atraído por outra pessoa, tem a tendência de agir de forma a suscitar a confiança dela.




Outros comportamentos, popularmente conhecidos por estarem ligados ao interesse e atração, foram também investigados para comprovar se havia ou não relação, não havendo porem tendo sida encontrada nenhuma ligação em gestos míticos como, mexer no cabelo, levantar as sobrancelhas, usar gestos com as mãos, postura corporal aberta ou inclinar o corpo, e o jogo da atração.

Veja Tambem Namoro online, mulheres atingem o auge aos 18 e homens aos 50


 Estes gestos também podem ser usados em relacionamentos não românticos, ou seja simplesmente fazendo amizades ou mantendo um bom relacionamento com os colegas de trabalho, daí não ser comprovado que gestos como estes indiquem interesse romântico ou alguma atração, sendo simplesmente gestos e comportamentos usados pelas pessoas em geral.




Fonte//Iflscience




As 7 forças que dominarão a economia mundial


A chegada da internet no início dos anos 1990 foi um marco que transformou profundamente a economia e a vida das pessoas.
Novas mudanças aproximam-se que poderão mudar a economia afirmou Jeff Desjardins, no seu  livro "Visualizing Change".


Photo Eficienza



Veja Tambem Como alimentar 10 biliões de pessoas em 2050 de forma sustentável


Podem ser o crescimento econômico da África, a explosão das cripto moedas, a onipresença da inteligência artificial, a revolução verde ou em qualquer outro fato argumenta.
 Serão principalmente sete, as forças que vão mudar o futuro da economia, de acordo com as informações contidas no livro.

1. A invasão dos gigantes da tecnologia
Durante décadas, as empresas líderes no mundo focaram na produção industrial em série e em larga escala ou na extração e processamento de recursos naturais. É o caso de companhias como a Ford, General Electric e ExxonMobil.
Ao longo do tempo, corporações da área de finanças, telecomunicações ou vendas de produtos entraram na lista das 10 empresas com valor de mercado mais alto. Mas agora a tecnologia e o comércio estão de tal maneira unidos que a informação se tornou mais valiosa do que os ativos físicos.
A mudança de paradigma acelerou tão rapidamente que, nos últimos cinco anos, a lista das maiores empresas com ações negociadas na bolsa mudou radicalmente, como mostra o gráfico abaixo.
Photo BBC


2. Aceleração do crescimento chinês
Embora não seja novidade, é de salientar a velocidade com que a economia e o desenvolvimento tecnológico chinês avançam. Atualmente, a produtividade econômica de algumas cidades da China é maior do que a de países inteiros.
De fato, o país tem mais de cem cidades com mais de um milhão de habitantes. Desenvolveram-se com base na criação de fábricas, na extração de recursos naturais ou no processamento de dados.
Um exemplo é o desenvolvimento das cidades nas margens do rio Yangtze, é o caso de  Xangai, Suzhou, Hangzhou, Wuxi, Nantong, Ningbo, Nanjing e Changzhou. Esta última, com um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 2,6 triliões, superior ao da Itália.
As perspetivas indicam que, entre 2017 e 2019, a China será a economia com a taxa de crescimento mais alta (35,2%) e que, até 2030, ultrapassará os Estados Unidos como líder na economia mundial.
Grafico BBC

Veja Tambem 32 anos depois Chernobyl volta a produzir energia


3. Ascensão das megacidades
Nas próximas décadas, o crescimento populacional das cidades transformará a economia global. Tudo indica as taxas de natalidade nos países ocidentais estabilizarão e na China, pelo contrário haverá um boom demográfico e uma rápida urbanização de nações africanas e no resto da Ásia.
Esse fenômeno, muito estudado, é conhecido como a ascensão das megacidades.
Até o fim deste século, a África terá pelo menos 13 megacidades maiores do que Nova York.
Grafico BBC








4. O aumento das dívidas dos países
Estima-se que haja no mundo uma dívida acumulada de mais de US$ 240 triliões, dos quais US$ 63 triliões são empréstimos de governamentais.
 Os Estados Unidos, a Europa e algumas economias emergentes aumentaram seu nível de endividamento nos últimos anos, aproveitando o ciclo de baixas taxas de juros. Nos Estados Unidos, a dívida pública subiu recentemente, enquanto o déficit fiscal do país continua a crescer rapidamente.
 Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o Japão tem uma dívida de 253%; Estados Unidos, de 105%; Espanha, de 98%; Reino Unido, de 85%; Brasil, de 74%; e México, de 46%, para citar alguns exemplos.
 E a nível geral, os países que acumulam mais dívidas em relação aos outros são os Estados Unidos, o Japão e a China.
Grafico BBC


5. As mudanças tecnológicas vertiginosas
Entre as grandes inovações tecnológicas da história moderna, estão, por exemplo, a eletricidade, o telefone, o automóvel ou o avião. A massificação desses produtos levou, em alguns casos, várias décadas, considerando o tempo decorrido entre o desenvolvimento do primeiro protótipo e a ampla adesão por parte dos consumidores.
 Estima-se que no caso dos automóveis foram cerca de seis décadas; do telefone, cinco; e dos cartões de crédito, mais de 20 anos.
 Hoje, no entanto, pode levar apenas alguns meses para uma nova tecnologia se implantar no mercado.
O mercado está introduzindo as inovações tecnológicas a grande velocidade.
Photo superinteressante


6. Barreiras comerciais
Após a Segunda Guerra Mundial, o mundo tendeu a eliminar progressivamente as barreiras comerciais entre os países.
Mas essa tendência foi recentemente desafiada por países como os Estados Unidos que, em 2018, impuseram tarifas a vários produtos chineses, desencadeando uma guerra comercial de biliões de dólares entre Washington e Pequim.
A dúvida nesse sentido é se o mundo continuará avançando rumo ao livre comércio ou se vão surgir novas regras nas relações comerciais entre os países, fenômeno que o livro descreve como o "paradoxo comercial".
A guerra comercial entre os EUA e a China pode ser o início de uma mudança nas regras do comércio global.
Photo Alernavios

Veja Tambem Brexit pode prejudicar companhias aéreas europeias



7. A revolução das energias verdes
O uso crescente de energias renováveis acelerou nos últimos anos, à medida que os custos de produção diminuíram e as tecnologias avançaram.
 Algumas projeções indicam que, dentro de duas décadas, a energia solar e a eólica vão ser responsaveis por quase metade da capacidade elétrica instalada no mundo. Outras sugerem que até o ano de 2047 haverá cerca de 1 bilião de carros elétricos em circulação.
E o investimento global em energias mais limpas pode chegar a US$ 10,2 triliões no ano de 2040, segundo os números apresentados no livro.
Photo Sapo.pt



Fonte//BBC





terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Elon Musk, CEO da SpaceX, pretende ir a Marte e estima preço de viagem em US $200.000


O CEO da SpaceX, Elon Musk, disse uma vez que uma colônia auto sustentável de Marte não funcionará se as viagens até o planeta vermelho forem muito dispendiosas, mas que provavelmente custarão algumas centenas de milhares de dólares.
É um custo extraordinariamente alto, mas comportável para as pessoas a quem se destina, que são também extraordinariamente ricas.

Photo Tecmundo

Veja Tambem Cometa 46P / Wirtanen visivel durante o mes de Dezembro



Segundo declarações de Musk, no ano passado, se o custo de uma viagem rondar os US $200.000, €175.000, a probabilidade de se construir uma colonia rentável em Marte, é muito elevada.
Já no passado domingo, Musk ironizou á Axios, que “é mais provável morrer em Marte do que na Terra” segundo suas palavras, e comparando um anúncio hipotético de uma viagem a Marte com o anúncio de Ernest Shackleton para ir à Antártida, em que dizia: "Os homens queriam uma viagem perigosa. Baixos salários, frio , longas horas de completa escuridão,  e sem garantias de regresso, mas com honra e reconhecimento em caso de sucesso. "




Adiantou também que não há certezas de que os viajantes a Marte poderiam alguma vez regressar á Terra. A meta proposta pela SpaceX em Novembro de 2018 era de conseguir enviar uma missão a Marte em 2022, apenas com carga, e em 2024 repetir uma missão mas desta vez tripulada. Musk continuou e afirmou á Axios que há 70% de probabilidade de ele próprio fazer essa viagem, descartando os perigos e exemplificando que outras pessoas correm perigos extremos como os alpinistas.





A Axios fez uma pesquisa sobre o espirito aventureiro dos cidadãos americanos e concluiu que a maioria não é aventureira.
Á pergunta feita pela Axios em Novembro, se pudessem viajar no espaço o fariam, só 35% disseram sim e 31% nem respondeu.



Fonte//BigThink







As fantasias sexuais podem melhorar a sua relação


As fantasias sexuais fazem parte da mentalidade humana, e isso está comprovado
É muito natural que mesmo pessoas com relacionamentos estáveis tenham fantasias, sejam elas com o parceiro, sejam com outras pessoas.
Mas será que isso saudável para relação?

Photo iStock


Veja Tambem Namoro online, mulheres atingem o auge aos 18 e homens aos 50

Um grupo de investigadores do Centro Interdisciplinar de Herzliya, em Israel, fez um estudo sobre este tema e concluiu que fantasiar com o parceiro ajuda no relacionamento.
Chegaram á conclusão que fantasiar com outras pessoas não prejudica diretamente a relação, mas, este tipo de fantasia pode, com o tempo, agravar problemas já existentes. Aquela fase inicial de paixão não dura sempre. A relação arrefece com o passar do tempo e se o casal esforça-se cada vez menos, o interesse pode diminuir. No entanto, pode ser possível recuperar a atração, a excitação e o interesse no relacionamento de longo prazo, e as fantasias sexuais podem ter um papel importante para atingir esse objetivo.





Os investigadores dividiram o estudo em partes para entender como as fantasias sexuais afetam os relacionamentos. Foram consideradas dois tipos de fantasias sexuais. Fantasias diádicas, que são aquelas que envolvem o parceiro, e fantasias extra diádicas, fantasias que se concentram numa outra pessoa fora do relacionamento.
Descobriram que, quando a fantasia é com os nossos parceiros, é porque os desejamos e nos comportamos de maneira a fortalecer o relacionamento.

Na primeira fase do estudo, 40 casais foram convidados aleatoriamente a fantasiar com seu parceiro ou outra pessoa e depois descrever sua fantasia a um investigador, mesmo que isso fosse muito desconfortável. Depois, preencheram um questionário para verificar o interesse em fazer sexo com o parceiro e faze-lo feliz. Aqueles que tinham fantasias com seus parceiros disseram estar mais motivados a ter relações sexuais com o parceiro.
As pessoas em relacionamentos saudáveis têm a tendência a ter fantasias com seus parceiros mais frequentemente, o que faz com que o relacionamento melhore. A fantasia sexual provavelmente não vai ajudar um relacionamento deteriorado.

Photo Pinterest


 A segunda etapa teve como objetivo esclarecer o impacto da fantasia extra diádica.
Além das fantasias sexuais, alguns participantes foram convidados ter fantasias não sexuais com o parceiro ou com outra pessoa. Depois de preencher o questionário, foi verificado que os grupos que tinham fantasias não sexuais indicaram que o seu desejo sexual e motivação para terem comportamentos que fortalecessem a sua relação estava ao mesmo nível dos que tinham fantasias sexuais extra diádicas. Isso significa que ter fantasias sexuais com outra pessoa prejudica nem fortalece um relacionamento.
Um detalhe crucial do estudo foi que as fantasias sexuais aumentavam o desejo. A maior parte das pessoas tem fantasias com os parceiros, mas essas fantasias normalmente acabam por desaparecer, e o desejo sexual pode diminuir com o tempo.


Veja Tambem Falta de sexo engorda, diz estudo


Este estudo descobriu que fantasias sexuais diádicas aumentam o desejo num relacionamento, o que significa que elas podem e devem ser usadas intencionalmente para o melhorar.Fantasiar sexualmente com o seu parceiro, mesmo que isso seja feito de maneira intencional e não naturalmente, faz com que ele pareça mais atraente, e isso só por si é motivação para relacionamento mais feliz e saudável.
 O simples fato de pensar em sexo com o parceiro tem efeitos benéficos no relacionamento, levando a um maior desejo sexual, além de levar as pessoas a agir de forma mais positiva em relação a eles. As fantasias podem, servir como um mecanismo de fortalecimento dos relacionamentos e ajuda os parceiros a manter relações íntimas e satisfatórias a longo prazo, impulsionando a atração pelo parceiro e evitando comportamentos que prejudiquem o relacionamento, conclui o estudo.



Fonte//BigThink




segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Cometa 46P / Wirtanen visivel durante o mes de Dezembro


Uma vez a cada 5,4 anos, o cometa 46P / Wirtanen orbita o Sol, e passa perto da Terra. Este ano, é em Dezembro, e podemos vê-lo usando binóculos ou um telescópio.
A trajetória do 46P / Wirtanen é normalmente demasiado distante para ser visível, mas este ano passa bem mais perto. É a vez que mais perto passa da terra nos últimos 70 anos.


Photo ScienceAlert

Veja Tambem Asteróide Oumuamua pode ser nave espacial



Vai passar afastado da Terra apenas a uma distância de 11,6 milhões de quilómetros, cerca de 30 vezes a distância entre a Terra e a Lua sendo a 17 de Dezembro o dia em passará mais perto.
O cometa 46P / Wirtanen foi descoberto em janeiro de 1948 pelo astrônomo norte-americano Carl Wirtanen, e é um dos poucos cometas que são às vezes visíveis a olho nu.
Ainda não há certeza se vai ser o suficiente brilhante para ser visível a olho nu desta vez, mas certamente será brilhante o suficiente para ver com binóculos.






Segundo o site australiano Southern Comets, existe a possibilidade de se poder observar a cauda de poeira a 14 de Dezembro, quando a Terra atravessa o plano orbital do cometa.
Como acontece com outros cometas, a exemplo do Lovejoy e Machholz , vai ser visto num verde brilhante. Isso ocorre porque o “coma”, a nuvem de partículas ao redor do núcleo, contém cianogênio e carbono diatômico, os quais brilham em tom de verde quando ionizados pela luz solar.

Veja Tambem Astronomos com 99% de certeza em relaçao a um exoplaneta "perto" da Terra


O Time and Date tem um prático mapa noturno interativo no seu site que pode consultar para saber a posição e o possa localizar, seja no hemisfério Norte ou Sul (precisa ter a sua localização ativada no seu navegador).



Fonte//ScienceAlert



Ilhas Mauricias geram 14% da sua energia com recurso á biomassa


As Ilhas Maurícias têm muito poucos recursos naturais e tal como muitas ilhas do mundo importa petróleo para gerar eletricidade, mas deram um passo em frente para ficar cada vez menos dependentes deste combustível caro e poluente.
Photo E-konomista

Veja Tambem Holanda desenvolve nova central eolica



Depois de um grande investimento na criação de sistemas energia solar, eólica e hidroelétrica, está também aproveitando uma cultura abundante na ilha, a cana-de-açúcar, que através da biomassa fornece 14% da energia da ilha.





As ilhas Maurícias, situadas a leste de Madagascar, aproveitam o chamado bagaço, que nada ,mais é que as sobras do processamento da cana de açúcar para a produção de energia.
Este material tem um potencial para o uso como combustível de caldeiras que fazem acionar turbinas que produzem energia, sendo uma fonte renovável e muito económica.

As inovações energéticas das Maurícias podem pressagiar o futuro de muitas outras áreas do mundo, uma vez que as áreas dependentes de energia fóssil, outrora barata, começam a sentir o custo dos combustíveis fósseis que estão sempre a subir.


Veja Tambem Turbina das marés mais poderosa do mundo



O objetivo do governo é aumentar a cota de energia renovável no plano energético para 35% até 2025", disse o vice-primeiro-ministro e ministro da Energia das Maurícias, Ivan Collendavelloo.



Fonte//ScienceAlert





Avião supersonico promete ligar nova York a Londres em 30 minutos


Desde o fatídico acidente com o Concorde, em 2003, que vitimou 113 pessoas, que as ligações supersónicas ficaram suspensas, a aguardar uma nova geração de aviões supersónicos.
 Projetos não faltam. Agora surge o Skreemr, que e ligar Londres a Nova Iorque em apenas 30 minutos.
PhotoCNN

Despois dos projetos das Airbus, que registou uma patente de uma avião que poderia fazer a deslocação entre Nova York e Londres em apenas 90 minutos, e da Loockeed Martin que ligaria Nova York a Los Angeles em 2,5 horas, aparece o Skreemr, que supostamente cobrirá o trajeto Nova York a Londres em apenas 30 minutos e podendo transportar até 75 pessoas.





Neste conceito, o avião possuiria motores que consumiriam como combustível o oxigénio da atmosfera, em vez de transportarem o seu combustível em tanques. Os motores Scramjet não possuem partes móveis, o que os torna menos suscetíveis a avarias.
O Skreemr teria um sistema de lançamento elétrico, permitindo a aceleração para alta velocidade, antes de acionar foguetes de oxigênio líquido e querosene o levaria a atingir Mach 4 (ponto em que o motor scramjet entraria em ação), ou, alternativamente, o avião seria lançado sem foguetes e mudaria para o motor scramjet apenas quando sobrevoasse o oceano, devido ao estrondo sónico que acontece quando um objeto ultrapassa a barreira do som.


Photo Getty Images


Veja Tambem Aviões eletricos próximos de se tornar realidade


Desenhado por Charles Bombardier, que desenha veículos futuristas, o Skreemr está ainda muito distante da realidade. O grande problema é o calor gerado pelo atrito, que a uma velocidade de Mach 5, (cinco vezes a velocidade do som) pode atingir os 980º, e muito poucos materiais suportam essa temperatura, e alem disso há a questão financeira. O custo de um avião deste tipo será muito difícil ser viável para uma companhia aérea



Fonte//CNN




domingo, 9 de dezembro de 2018

Viver mais e melhor pode não ser tão complicado como possa parecer.


Sabemos que muitas das comidas e bebidas que ingerimos podem não ser as mais saudáveis e até fazer-nos mal. Para ter uma vida saudável e provavelmente mais longa não precisamos prescindir de tudo e viver sobre regras apertadas. Um estudo feito pela Universidade de Harvard neste ano, por exemplo, comprova que mantendo cinco simples regras pode-se prolongar nossa vida por mais de uma década.
São eles ter uma alimentação saudável, fazer exercícios regularmente, manter o peso correto, não beber muito álcool e não fumar.

Photo SportLife


Veja Tambem Quatro problemas de saúde causadas pelos refrigerantes



Os participantes do estudo, que foi efetuado durante mais de 30 anos, que mantinham este estilo de vida saudável ​​tinham 82% menos probabilidade de morrer de doenças cardiovasculares e 65% menos de morrer de câncer quando comparados com participantes que mantinham um estilo de vida menos saudável.

Os cientistas examinaram dados registados ao longo de 34 anos, referentes a 78.865 mulheres e 27 anos referentes a 44.354 homens, que participaram no estudo. O objetivo era estudar como estes cinco fatores de estilo de vida poderiam afetar a mortalidade.





Para os participantes do estudo que não tinham nenhum destes hábitos, foi estimado que a expectativa de vida a partir dos 50 anos era de mais 29 anos para as mulheres e 25,5 anos para os homens. Para aqueles que tinham todos os cinco hábitos, a expectativa de vida a partir dos 50 anos foi estimada para 43,1 anos para as mulheres e 37,6 anos para os homens. 

Resumindo, as mulheres que seguiam os cinco hábitos saudáveis ​​ganharam, em média, 14 anos de vida, e os homens que o fizeram ganharam 12 anos, em comparação com aqueles que não tiveram hábitos saudáveis

Photo fortissima

Veja Tambem Oito hábitos que aumentam a esperança média de vida



Em comparação com aqueles que não seguiram nenhum dos hábitos de vida saudável, aqueles que acompanharam os cinco tiveram 74% menos probabilidade de morrer durante o período do estudo.
Este estudo de Harvard coincide com outros estudos feitos por especialistas sobre a longevidade 
humana. Uma outra pesquisa relacionada mas que investiga a relação entre os padrões de vida social, e os lugares onde as pessoas habitam mostra que estes hábitos saudáveis são importantes, mas inclui outros fatores relacionados ao convívio social que também parecem ser essenciais para uma vida mais longa e saudável. Fazer parte de grupos sociais que incentivam estes hábitos saudáveis, por exemplo, é um fator importante para se viver mais.




Fonte//NewsHarvard





Produção de diesel a partir de resíduos orgânicos


Um grupo de cientistas afirma poder converter resíduos líquidos e secos orgânicos, como dejetos de suínos e restos de comida, num combustível que pode ser misturado com diesel e que tem a mesma a eficiência de combustão do diesel.
 

Photo Pmemagazine

Veja Tambem Novo material, usa o calor do sol para produzir eletricidade mais barata




Os Estados Unidos produzem anualmente 79 milhões de toneladas de resíduos orgânicos secos provenientes do processamento de alimentos e da produção de animais, estando este numero a aumentar há mediada que a população aumenta. Um dos maiores obstáculos para extrair energia desses resíduos é o seu teor de água. A secagem exige quase tanta energia quanto pode ser extraída dela.

A liquefação hidrotérmica é uma solução potencial para este problema porque usa a água como agente de reação e converte até mesmo componentes lipídicos não-lipídicos (não gordurosos) em óleo biócrino que pode ser transformado posteriormente em combustível para motores.





Tentativas anteriores de destilar a bio crude gerada pelo HTL em combustíveis estáveis ​​e utilizáveis falharam. Para esta nova pesquisa, a equipe combinou a destilação com um processo chamado esterificação para converter as frações mais promissoras de biócrito destilado em um combustível líquido que pode ser misturado com diesel. O combustível corresponde aos padrões e especificações atuais do diesel.


O grupo desenvolveu reatores HTL em escala piloto para produzir o óleo bio crude para modernização, tendo conseguido de separar as frações destiláveis ​​do óleo bio crude. Usando 10-20% de combustíveis destilados misturados com diesel, obtiveram uma saída de emissões de gazes poluentes de 96-100%  similares ás do diesel comum.


Veja Tambem Avanço no processo para produzir hidrogênio para combustivel



A equipa está construindo um reator que pode ser montado em um trailer e tem a capacidade de processar uma tonelada de resíduos biológicos e produzir a volta de 100 litros de óleo biológico por dia, o que permitirá que a equipa efetue mais pesquisas e forneça parâmetros-chave para aplicação da tecnologia a uma escala comercial



Fonte//ScienceDaily