sábado, 8 de setembro de 2018

Quanto mais fizer sexo, mais tempo irá viver, indica estudo

O sexo pode potencializar a imunidade e produzir telômeros maiores no corpo das mulheres

Ter sexo traz diversos benefícios para a saúde. Pesquisas anteriores relacionam o sexo ao bom humor e uma maior qualidade de vida. E agora, um novo estudo aponta que quanto mais sexo tivermos, mais tempo teremos de vida.

Como o estudo foi feito


O estudo foi dividido em duas fases: Na primeira, 918 homens com 45 a 59 anos de idade foram entrevistados sobre seus hábitos sexuais. Uma década depois, estes mesmos homens responderam a uma série de perguntas sobre a frequência em que tinham sexo.

Os investigadores concluíram que os homens que tinham sexo ao menos duas vezes por semana reduziram suas taxas de mortalidade pela metade.



A segunda fase do estudo contou com a participação de 129 mulheres com idades entre 20 e 50 anos. Elas responderam perguntas sobre suas vidas amorosas e o quanto estavam satisfeitas.

Após análise biológica, os cientistas descobriram que as mulheres que tinham mais sexo tinham uma vida amorosa satisfatória, apresentavam maiores telômeros, uma espécie de "capa" que protege os cromossomos, fazendo com que tenhamos um aumento na nossa esperança de vida

Conclusões


Os cientistas também afirmam que o sexo potencializa o sistema imunitário ao incentivar a produção de células que combatem doença.



Fonte//MinhaVida

Porque as cebolas fazem-nos chorar.

Quando qualquer vegetal é cortado ou quebrado, suas células são também cortadas. Como um sistema de defesa eficiente, algumas plantas libertam substâncias químicas chamadas polifenóis com cheiro forte que podem espantar animais famintos que estão tentados a comê-las.

O sistema de defesa da cebola, porém, vai além, e produz uma substância ainda mais irritante, o syn-propanethial-S-oxide, que tem como objetivo impedir que a planta seja consumida por insetos e outros animais.

Essa substância volátil tem o que é chamado de fator lacrimogêneo. Sua volatilidade significa que quando é liberada, ela evapora rapidamente e encontra os nossos olhos rapidamente. Ali ela se dissolve na água que cobre nossos olhos e forma ácido sulfênico.

Esse ácido irrita a nossa glândula lacrimal, mas a quantidade produzida é tão pequena que é apenas irritante, e não causa estragos no nosso corpo.

A liberação do syn-propanethial-S-oxide era inicialmente creditada à enzima da cebola chamada allicinase, um catalizador biológico que aumenta a velocidade da produção do componente que irrita os olhos. Mas uma outra pesquisa sugere que duas enzimas podem ser necessárias para produzir os efeitos irritantes de olhos.

Essa explicação mais complexa começa com o enxofre que a cebola absorve do solo e armazena em um composto chamado PRENCSO 1. Quando a cebola danificada libera a alicinase, ela reage com o PRENCSO para produzir amônia e o ácido 1-propenilsulfênico.

A segunda enzima, chamada de sintase fator lacrimatório, se transforma no syn-propanethial-S-oxide.

 

Cebolas mais fortes que outras


Mas porque algumas cebolas têm efeito mais forte que outras? Há várias possíveis respostas para isso. Uma delas está relacionada à quantidade de enxofre que a cebola absorveu do solo, que depende da qualidade do solo e das condições de crescimento da planta.

Cebolas mais doces tendem a ter menos componentes de enxofre, o que por sua vez significa menos syn-propanethial-S-oxide. Mas também é possível que duas cebolas do mesmo saco sejam mais ou então menos lacrimogêneas.

Já o alho não produz o mesmo efeito porque tem um componente ligeiramente diferente chamado aliin ou PRENCSO 2, que não se quebra formando a substância que faz o olho arder. Ao invés disso ele produz alicin, que está relacionado aos vários benefícios da ingestão do alho.

 

Como parar as lágrimas?


Uma solução para resolver o problema das lágrimas seria modificar a cebola através da seleção ou da modificação genética para suprimir a enzima que causa o fator lacrimogêneo. Isso também poderia afetar o gosto do alimento, já que o syn-propanethial-S-oxide está associado ao sabor de cebolas frescas.

Há também soluções mais simples para lidar com o problema. Já que o processo acontece com a ajuda das enzimas, a reação aconteceria mais lentamente se elas fossem danificadas. Uma forma de fazer isso seria mergulhando a cebola em água fervente e logo em seguida em água gelada. Isso desnatura as enzimas e altera a velocidade da reação.

Claro que ferver a cebola antes de tentar cortá-la pode não ser uma boa ideia, já que ela ficaria macia. Outra opção é colocar o vegetal no gongelador logo antes de cortá-lo. É importante lembrar, porém, que não é recomendado guardar as cebolas na geladeira porque ela se torna mole e perde o sabor, além de soltar um cheiro desagradável.

O melhor é armazenar as cebolas em um local fresco e protegido da luz, em um local com circulação de ar.

Outra solução é impedir que a substância chegue aos seus olhos, usando proteção para os olhos ou água corrente

 

fonte//HypesCience

Físico brasileiro desenvolve uma hipótese que pode derrubar a teoria doBig Bang


Juliano Neves é um físico pesquisador da universidade UNICAMP, tem ganhado uma grande relevância, nas comunidades cientificas, blogs e redes sociais. Todo esse movimento vem do seu trabalho relacionado a um novo conceito que pode desbancar as teorias relacionadas ao Big Bang


Ele não acredita em Big Bang. O pós-doutorando na Universidade de Campinas causou um rebuliço na mídia na última semana ao afirmar que a expansão inicial do cosmos, veio partir de uma singularidade de densidade infinita, é só uma visão entre várias possíveis. Ele pressupõem a existência de um universo cíclico, de um imenso balão em constante contração e expansão. Uma das consequências da adoção desse modelo seria a existência de um cosmos anterior ao nosso (e de um posterior também).

Para desbancar as bases do Big Bang, Neves usou uma analogia matemática com outros estudos relacionados a astrofísica, segundo a maior parte dos especialistas o buracos negros tem densidade infinita. O brasileiro parte de premissas diferentes das criadas por Stephen Hawking e Roger Penrose. Fiquei tão fascinado pelo assunto que tive que pedir a ele alguns escritos, pesquisas e alguns artigos para dar uma analisada e tirar as minhas próprias conclusões. Para quem quiser conhecer mais o trabalho dele vou disponibilizar no final deste post.

Agora vamos ao que interessa!!

Neves afirma que, se a expansão atual do nosso Universo de fato foi precedida pela contração de um universo anterior, talvez restem por aí ondas gravitacionais que tenham sido criadas no universo que veio antes do nosso, onde talvez seria possível ser detectadas por nós mesmo. Na realidade ele afirma que o nosso universo faz parte de uma singularidade muito semelhante aos dos buracos negros, dessa forma o universo ele seria basicamente uma bolha que se expande e depois se retrai, pelo menos ao meu ver seria semelhante a um coração. Será que o universo estaria em processo de pulsação? Creio eu que seja cedo de mais para compreender estes conceitos, pois o nosso gênio da astrofísica também afirmou que o universo é um objeto de estudo muito grande para se tirar quais quer conclusão.

Analisando o seu artigo em titulado como “Relatividade bem comportada: buracos negros regulares” publicado na revista Brasileira de Ensino de Física, vol. 39, no 3, e3303 (2017) me deparei com um tema chamado a matemática dos buracos negros, onde partimos dos princípios da estrutura casual do espaço-tempo, baseadas em geometria diferencial as mesmas responsáveis pela construção da teoria da relatividade geral. Aconselho que todos devem dar uma lida em seus estudos para tirar suas próprias conclusões.

Font// SpeedTech

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Policia persegue mulher a alta velocidade (Video)

Funcionários do Departamento de Segurança Pública do Texas divulgaram um vídeo na sexta-feira mostrando uma mulher com um bebê fugindo, entrando depois num carro e fugindo a alta velocidade.

A gravação, que é de um incidente que ocorreu em San Antonio em Junho, mostra a mulher supostamente conduzindo a cerca de 180 kh numa tentativa de fugir das autoridades.

A policia colocou na estrada um dispositivo para furar pneus e acabou por furar o pneu dianteiro do Mercedes SUV  o que acabou por a levar a imobilizar o veiculo.

[embed]https://youtu.be/ZyE9Z9rQeQ4[/embed]

Ainda querendo fugir da polícia, a mulher sai do carro, pega o bebê que estava no banco de trás e corre. Embora ela consiga entrar  noutro veículo, foi imobilizada pela policia.

A mulher, identificada como Caitlyn Rodriquez, já tinha alguns mandados de captura, de acordo com a estação de notícias local San Antonio, a KGBT.

Segundo a AP, ela foi acusada de abuso infantil. A criança foi enviada para o Child Protective Services

 

 

Fonte//SputnikNews

 

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Russia cria "Parque Jurassico" para clonar animais extintos

Uma nova instalação de clonagem de última geração que pode ajudar a recriar espécies extintas como mamutes e leões de caverna está prestes a ser uma realidade na Rússia, de acordo com fontes locais

Espera-se que a instalação ajude a ressuscitar animais extintos e estude doenças genéticas raras.

A instalação "Jurassic Park style", como a revista de notícias India Today descreveu, será localizada na cidade siberiana de Yakutsk, nas instalações da Universidade Federal do Nordeste, e deverá se tornar um "centro científico paleo-genético de nível mundial". "

Usando amostras de tecido extraído do permafrost siberiano, os cientistas procuram estudar animais que foram extintos há milhares de anos e, se possível, trazê-los de volta à vida.

O principal cientista do projeto também observou que “tais estudos ajudarão no estudo de doenças genéticas raras, seu diagnóstico e prevenção”.

 

De acordo com a revista, o projeto será apresentado oficialmente no quarto Fórum Econômico Oriental, que começará em Vladivostok no dia 11 de Setembro.

 

Fonte//SputnikNews

Como é que grandes navios estão no deserto da Asia Central?

A solução para esse mistério só foi descoberta quando os investigadores decidiram estudar a história dessa região e procurar algumas fotos de satélite da época da Guerra Fria.

 

Um novo enigma emergiu dos resíduos do Cazaquistão, quando um grupo de cientistas se deparou com uma pequena frota de grandes navios marítimos bem no meio do deserto.

 

Fotos tiradas do satélite Quickbird, pairando bem acima da região, mostram claramente quatro grandes navios cobertos de areia, em terras áridas a quilômetros de distância da massa de água mais próxima, o Mar de Aral.

No entanto, o mistério foi rapidamente resolvido depois dos investigadores analisarem as fotos de satélite desta parte do Cazaquistão que remonta à Guerra Fria, e descobriram que naquela época o Mar de Aral se estendia a esta parte do Cazaquistão, e toda a área onde os navios estavam localizados estava coberto de água.

[embed]http://https://youtu.be/sAJa1c9OtGI[/embed]

Fonte//SputnikNews

A antigravidade existe mesmo?

De acordo com um novo estudo da Universidade de Columbia (EUA), o som tem massa negativa, o que significa que sobe muito lentamente para longe, como uma estranha fonte de “antigravidade”.

A descoberta quebra o nosso entendimento convencional sobre as ondas sonoras como ondulações sem massa que atravessam a matéria, dando às moléculas um empurrão, mas balanceando qualquer movimento ascendente com um movimento descendente igual e oposto.

Os cientistas afirmam que esse é um modelo simples que explica o comportamento do som na maioria das circunstâncias, mas não é verdade para todos os casos.

 

Antigravidade


Quando o som se move através do ar, vibra as moléculas ao seu redor, mas essa vibração não pode ser facilmente descrita pelo movimento das próprias moléculas.

Em vez disso, assim como as ondas de luz podem ser descritas como fótons, os fônons são as unidades de vibração usadas para descrever as ondas sonoras que emergem das complicadas interações das moléculas. Nenhuma partícula física surge, mas os investigadores podem usar a matemática das partículas para descrevê-lo.

 

Luz foi armazenada como som pela primeira vez


E, conforme explica Rafael Krichevsky, estudante de física da Universidade de Columbia, o fônon tem uma massa negativa minúscula, o que significa que as ondas sonoras viajam para cima.

Em outras palavras, quando a gravidade as puxa, essas ondas movem-se na direção oposta. “Num campo gravitacional, os fônons aceleram-se lentamente na direção oposta á atração gravitacional”

Densidade


Para entender como isso pode funcionar, imagine um fluido normal no qual a gravidade puxa-o para baixo. As partículas fluidas comprimem as partículas que ficam abaixo, de modo que fica um pouco mais denso abaixo também.

Os físicos já sabiam que o som geralmente se move mais rápido através de um meio mais denso, o que indica que a velocidade do som acima de um fônon também é mais lenta que a velocidade do som através das partículas um pouco mais densas abaixo dele.

Isso faz com que o fônon se “desvie” para cima.

Este processo acontece com ondas sonoras de pequena e grande escala. Isso inclui todo o som que sai da sua boca, embora apenas ligeiramente. A grande  distância, o som de uma pessoa dizendo “olá” subiria.

Teoria


Por enquanto, a pesquisa é inteiramente teórica.

Segundo os cientistas, o efeito é pequeno demais para ser medido com qualquer tecnologia atual. Mas, no futuro, poderão ser efetuadas medições precisas , detetando a ligeira curvatura do caminho de um fônon.

Se a descoberta for confirmada, existem consequências reais para o fenômeno. Por exemplo, nos núcleos densos de estrelas de nêutrons, onde as ondas sonoras se movem quase à velocidade da luz, um som “antigravitacional” deve ter algum efeito no comportamento de todo o objeto.

 

Fonte//LivesCiense

Usar barba trás benefícios

De acordo com um estudo da Universidade do Sul de Queensland (Austrália), uma barba grande oferece benefícios que podem tornar sua pele mais saudável e bonita.

Mais jovem, menos câncer


Em 2012, os investigadores deixaram um grupo de manequins, alguns barbudos e alguns sem pelo facial, sob o sol severo do deserto australiano.

 

Quando compararam a quantidade de radiação absorvida por cada sujeito, descobriram que as barbas bloqueavam 90 a 95% dos raios UV prejudiciais. Esse nível de proteção poderia retardar o processo de envelhecimento com sucesso e reduzir o risco de desenvolver câncer de pele.

 

“Os pelos faciais têm um fator de proteção ultravioleta (UPF) de 2 a 21”, disse um dos cientistas do estudo, Alfio Parisi, ao portal Men’s Journal. “A porcentagem de UV bloqueada depende da espessura e do ângulo do sol. Desde que a barba tenha espessura razoável, não acho que haja necessidade de protetor solar sobre a barba”.

Embora a espessura adequada de uma barba possa ser difícil de quantificar, Parisi disse que ela precisa ser um pouco robusta, ou seja, não apenas uma “barba por fazer”.

 

Mais vantagens


As barbas também são boas para capturar poeira e pólen. Enquanto isso soa ruim para as pessoas com asma ou rinite, não é: elas funcionam como “fortalezas”, protegendo p nariz, olhos e boca de agentes irritantes.

Além disso, uma camada espessa de pelos faciais retém a humidade e age como uma barreira contra o vento, mantendo a pele fresca e jovem.

 

Beleza


Para os homens que ostentam suas barbas com orgulho, vale notar que seu apelo é apoiado por outros estudos também, não apenas esse.

Por exemplo, um descobriu que as mulheres preferem homens com barbas por fazer ou um pouco espessas; estes são mais atraentes que homens totalmente barbeados ou com barbas muito grandes.

Os benefícios de saúde também já foram confirmados por outras pesquisas, como essa publicada no Journal of Hospital Infection.

Nem tudo são boas notícias para os barbudos, no entanto. Pelo menos um estudo descobriu que eles parecem mais agressivos e sexistas que homens sem barba.

 

Fonte//Hypescience

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Avião em quarentena no JFK, vários passageiros doentes.

Um avião que chegou a Nova York vindo de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, foi colocado em quarentena depois de vários passageiros a bordo se sentirem doentes.

O avião, um Airbus A380 da Emirates, pousou no Aeroporto Internacional John F. Kennedy por volta das 9h da manhã de hoje (5 de setembro) e foi recebido pela polícia aeroportuária de Nova York e por autoridades dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

A Emirates confirmou em comunicado no Twitter que  10 passageiros  ficaram doentes. Como precaução, as autoridades de saúde atenderam os passageiros doentes, disse o comunicado. A causa das doenças não foi confirmada.

Eric Phillips, porta-voz do prefeito de Nova York Bill de Blasio, disse no Twitter  que, os 10 passageiros doentes foram levados para o Centro Médico do Hospital Jamaica e outros oito passageiros estão sendo atendidos no aeroporto. As autoridades de saúde examinaram o resto dos passageiros "um por um" em busca de sintomas. Um total de 521 passageiros estavam a bordo. Phillips também observou que alguns dos passageiros vieram de Meca, na Arábia Saudita, que está passando por um surto de gripe .

 

Um passageiro , Larry Coben, postou no Twiter que, antes de sair do avião,  foram verificadas as temperaturas corporais dos passageiros e e preencheram  um "Formulário de Informações do Localizador de Passageiros" pelo CDC.

Um escritório local da Emirates disse às autoridades dos EUA que a companhia aérea acredita que o incidente foi causado por intoxicação alimentar , informou a CBS New York.

 

Fonte//LiveScience

Pior tufão desde há 25 anos deixa rastro de destruição e caos no Japão

Pior tufão desde há 25 anos deixa rastro de destruição e caos no Japão

O Japão foi atingido pelo tufão mais forte desde há 25 anos registando-se ventos de 172km/h

Foram emitidos alertas forte ondulação, inundações e deslizamentos de terra. O aeroporto está encerrado e centenas de voos foram cancelados, assim como os comboios e barcos que estão parados.

As autoridades pediram a mais de 1 milhão de pessoas para evacuarem as suas casas.

Espera-se que o Jebi perca força a medida que ruma para norte. O Japão é regularmente atingido por tufões, em 1993, um tufão deixou 48 mortos quando atingiu as principais ilhas do Japão.

 

[embed]http://%20https://youtu.be/Heh8oQEpJ-Y[/embed]

 

 

Fonte//BBC

Será que faz o seu café da maneira correta?

Será que o café perfeito é uma coisa extremamente subjetiva e pessoal?

Não. De acordo com um novo estudo da Universidade Estadual do Kansas (EUA), no qual uma equipe passou muito tempo degustando e analisando café para descobrir exatamente como fazer a melhor xícara possível da bebida.

Aparentemente, existe uma maneira correta de fazer café, e tem tudo a ver com a temperatura da água.

Um segredo para deixar o café mais saboroso


A temperatura ideal

Sete degustadores profissionais do Centro de Análise Sensorial e Comportamento do Consumidor analisaram 36 diferentes atributos de sabor em várias amostras de café feitas com diferentes tipos de grãos e consumidos em diferentes temperaturas.

No fim das contas, a temperatura da água pode ser o fator determinante para um café ser considerado bom. A principal descoberta é que beber diretamente da água fervente é uma proibição absoluta.

Como regra geral, você pode utilizar a temperatura de 70° C, particularmente se estiver fazendo café da variedade arábica. Se estiver usando grãos da variedade robusta, consumi-los a uma temperatura de 60° C ou 50° C produz um sabor mais intenso.

Além disso, beber café com temperatura superior a 70° C pode resultar em ferimentos abrasivos.

Café pode causar câncer? Só se for muito quente, diz OMS


Não ferva

Existem vários outros componentes que podem melhorar o sabor do café, desde a moagem até a frescura dos grãos, incluindo a proporção entre café e água e a qualidade da água.

Uma vez que a maioria dos consumidores não têm muito controle sobre alguns desses componentes, não ferver a água do café e sim deixá-la na temperatura ideal de 70° C pode ser a maneira mais fácil de beber uma perfeita xícara dessa bebida incrível.

 

Fonte//Hypescience

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Namoradas holográficas já estão à venda no Japão

O uso de assistentes virtuais nos lares é um conceito que está ficando cada vez mais difundido em alguns países. No entanto, essa ideia original foi aprimorada de uma forma muito curiosa pela Vinclu, que introduziu no mercado nipônico uma “namorada holográfica” com inteligência artificial.

[embed]http://https://youtu.be/bBOXQz7OHqQ[/embed]

Batizado de Gatebox, o produto passou por um período de “testes”, com vendas limitadas em duas remessas. Agora, a “namorada holográfica” finalmente está disponível em pré-venda no Japão.

 

Embora o Gatebox tenha as funções de controlar dispositivos domésticos de forma remota e capacidades de assistente pessoal, a principal finalidade do produto é que a garota holográfica funcione como uma espécie de companheira para os solitários.

 

A “namorada” é representada pela personagem Hikari Azuma e projetada na estrutura central do dispositivo, focando em interações, podendo até mesmo enviar mensagens para o celular do “parceiro” quando ele estiver longe de casa.

 

Principais características

Embora a produção em massa do Gatebox não seja uma surpresa, é interessante ressaltar que o dispositivo não utiliza qualquer modelo de inteligência artificial de outras empresas. Ao invés disso, o sistema foi desenvolvido pela própria Vinclu com base no reconhecimento de padrões a partir das interações com o usuário.

 

Outro detalhe é que, apesar de uma nova reformulação de hardware ter sido realizada em relação aos dois primeiros modelos, as funções de assistente pessoal ainda são muito limitadas, restringindo-se a alertas de informações meteorológicas, notícias do dia e algumas outras informações obtidas a partir da internet, bem como funções da Internet das Coisas, para casas conectadas.

 

Esta nova versão, que vem em formato de speaker de dimensões ampliadas, também é dotada de dois microfones em sua parte superior para comandos de voz e um detector de movimento embutido para que a “namorada” reconheça as expressões faciais e movimentos do usuário.

 

Preço e disponibilidade

Ainda de acordo com o anúncio, o Gatebox modelo GTBX-100 já pode ser comprado no Japão por cerca de 150 mil ienes (equivalente a 1165€, em conversão direta), com início das entregas previsto para novembro deste ano.

 

Além deste valor, a utilização da “namorada holográfica” exige o pagamento de uma mensalidade de aproximadamente 1.500 mil ienes (cerca de 12€), que só será cobrada a partir de março de 2019.

 

Também foi informado que o Gatebox será disponibilizado em outras regiões fora do Japão, porém, é quase certo que isso não ocorrerá em um curto prazo de tempo.

 

Fonte//Cibéria

Destroyer da classe Zumwal forçado a substituir uma turbina

O segundo dos três destroyers da classe Zumwalt precisou substituir uma turbina após ter sofrido danos nos hélices,  durante as provas de mar.

 

O destroyer Michael Monsoor (DDG-1001) da classe Zumwalt, teveque substituis uma das duas turbinas numa operação complexa, devido ao peso do motor. Além disso, a Marinha dos EUA não esta tecnicamente preparada para retirar e colocar o motor de 15 toneladas dentro do navio, tendo sido criado uma solução que permitiu fazer a operação.

Os construtores notaram vibrações anormais e descobriram partes do motor dentro de uma das turbinas, causando alguns danos. Mesmo funcionando, a turbina foi trocada por recomendação dos construtores.

O Michael Monsoor faz parte do projeto que envolve a construção de destroyers da classe Zumwalt, que tem motivado muita discussão devido ao seu elevado custo, o que levou à redução  28 das unidades construídas para apenas 3. Além disso, os EUA descartaram muitas das tecnologias avançadas devido á pouca viabilidade.

 

Fonte//SputnikNews

Arqueólogos descobrem 'túmulos misteriosos' da era de Cleópatra

Uma expedição arqueológica egípcia-francesa descobriu os restos de um assentamento neolítico no delta do Nilo, informou com o Ministério de Antiguidades do Egito.

 

A descoberta foi feita em Tell el-Samara, na província de Dakahlia. Arqueólogos desenterraram os restos de edifícios e silos contendo vestígios de plantas e animais, bem como ferramentas de pedra e cerâmicas usadas pelos habitantes da Idade da Pedra da aldeia.

"A importância desta descoberta é que os assentamentos da era neolítica nunca foram descobertos antes nesta área… A descoberta permite que os arqueólogos estudem as sociedades pré-históricas que viviam no delta do Nilo antes do governo da Primeira Dinastia do Egito",

Nadia Khedr, chefe de antiguidades egípcias, gregas e romanas do Mar Mediterrâneo no ministério, disse que os cientistas vão estudar o material orgânico encontrado no local para obter uma visão mais profunda do surgimento da agricultura e da pecuária no Egito pré-histórico.

 

Fonte//SputnikNews

Poderá o milho viscoso resolver um dos grandes problemas da poluição?

Provavelmente não  se parece com milho que está habituado a ver. Com 5 metros de altura, tem o dobro do tamanho do milho convencional. E, saindo dos talos, bem acima do solo, há raízes aéreas, saliências vermelhas semelhantes a dedos revestidas de lodo.

 

Essa espécie de milho - originária da região de Sierra Mixe, em Oaxaca, no México, onde os habitantes a cultivam há muitos seculos ,é notável por outro motivo. É o único milho que pode absorver o nitrogênio diretamente do ar e usá-lo para crescer.

 

O nitrogênio é um nutriente essencial, e a possibilidade de ser cultivado em grande escala para absorver o nitrogênio atmosférico mudaria o mundo, reduzindo a poluição de nitrogênio que se tornou um dos maiores problemas ambientais da atualidade.

O que é fixação de nitrogênio?

Todos os organismos vivos precisam de nitrogênio. É necessário construir as proteínas, por exemplo, que permitem que os organismos funcionem e cresçam. Mas, embora a atmosfera tenha 78% de nitrogênio, os animais e a maioria das plantas não consegue absorve-lo. Isso porque o nitrogênio atmosférico consiste em dois átomos de nitrogênio, fortemente ligados, e é necessária muita energia para os separar, disse Alan Bennett, um biólogo da Universidade da Califórnia.

 

Apenas as leguminosas, como soja, feijão e alfafa, podem retirar esse nitrogênio , e apenas com o auxílio de bactérias. Os micróbios usam uma enzima para converter o nitrogênio atmosférico em formas utilizáveis, compostos como amônia (uma molécula de nitrogênio ligada a três moléculas de hidrogênio) ou nitrato (um nitrogênio ligado a três moléculas de oxigênio), disse Bennett.

 

Por que há poluição por nitrogênio?

Como as plantas não podem converter o nitrogênio no ar , os agricultores  fornecem o nitrogênio fixo na forma de fertilizante. No início do século 20, o cientista alemão Fritz Haber desenvolveu o que é conhecido como o processo Haber-Bosch para converter o nitrogênio atmosférico em amônia , a base do fertilizante sintético usado em todo mundo . "Sem a capacidade de produzir fertilizantes sintéticos, não poderíamos produzir alimentos suficientes para a população atual", disse Bennett.

 

O problema é que é difícil para os agricultores estimarem exatamente quanto fertilizante é necessário, levando ao uso excessivo e ao desperdício. Cerca de 57% do nitrogênio presente no fertilizante acaba poluindo o meio ambiente, disse Xin Zhang, cientista ambiental do Centro de Ciências Ambientais da Universidade de Maryland.

 

Esse influxo perturba o ciclo natural de nitrogênio da Terra. Normalmente, o nitrogênio é reciclado de volta para o solo. O nitrogênio nas plantas, por exemplo,  quando caem as  folhas, sementes ou simplesmente morrem, o nitrogênio retorna ao solo . Os animais também trazem nitrogênio utilizável para o solo através da urina e fezes.

Quando as plantações são apanhadas e não voltam ao solo, o nitrogênio não é reciclado - forçando os agricultores a coloca-lo na terra com fertilizantes.

 

Qual é o grande problema?

Numa análise de 2009 da revista Nature ,sobre os principais problemas ambientais do mundo, os investigadores descobriram que a poluição por nitrogênio já passou do ponto em que pode levar a consequências devastadoras. Os únicos dois outros problemas em que o planeta ultrapassou esse limiar foram as mudanças climáticas e a perda de biodiversidade, de acordo com a análise.

 

Nos EUA, por exemplo, o excesso de nitrogênio dos fertilizantes acaba em rios e cursos de água, acabando no Golfo do México. As algas alimentam-se deste nitrogênio, proliferando como florestas de algas . Mas quando as algas morrem, as bactérias que causam a decomposição consomem todo o oxigênio da água, criando as chamadas zonas mortas que matam a vida marinha. A Associação Nacional Oceânica e Atmosférica estimou que a zona morta no Golfo do México é aproximadamente  do tamanho de Nova Jersey.

 

Os nitratos também podem penetrar no suprimento de água em níveis tóxicos. Algum nitrogênio pode ser liberado no ar como óxido nitroso (duas moléculas de nitrogênio ligadas a uma molécula de oxigênio), que esgota a camada de ozônio e é um gás de efeito estufa que causa o aquecimento global.

 

A produção de fertilizantes em si também é um processo que consome muita  energia que por sua vez, produz gases de efeito estufa . O fertilizante é caro e desperdiçá-lo pode custar bilhões de dólares em todo o mundo, segundo David Zilberman, economista agrícola da Universidade da Califórnia, em Berkeley.

 

Com a previsão da ONU de que a população chegará a 10 bilhões até 2050, a procura por alimentos e nitrogênio aumentará significativamente.

 

Pode este milho viscoso vir para o resgate?

O muco do milho gigante mexicano Sierra Mixe, que os cientistas descreveram em um novo estudo publicado no PLOS Biology em 7 de agosto, alimenta uma comunidade de bactérias que fixa o nitrogênio no ar. Embora este milho coberto de muco tenha alguns cientistas excitados, provavelmente não resolverá nada imediatamente. "Este milho é naturalmente muito produtivo para a comunidade em que é cultivado, mas não é diretamente aplicável aos sistemas convencionais de produção de milho", disse Bennett.  Demora oito meses para amadurecer,muito mais do que os três meses do milho convencional.

 

Os investigadores verificaram que o milho fixou de 29% a 82% de seu próprio nitrogênio. Mas esse montante é insignificante em comparação com o que os agricultores precisam para seus campos.

 

Ainda assim, estudá-lo pode ajudar os investigadores a projetar ou produzir milho que usa nitrogênio, sozinho ou com a ajuda de bactérias e que pode alimentar o mundo.

Para fixar o nitrogênio, as bactérias precisam de muita energia, o que requer oxigênio. Mas o oxigênio quebra a enzima na qual os micróbios dependem para fixar o nitrogênio. As leguminosas resolvem o problema abrigando as bactérias dentro dos nódulos nas raízes, onde a planta pode controlar o oxigênio que os micróbios recebem

 

Se tal tecnologia vier a acontecer e funcionar também para outras culturas, os benefícios seriam enormes. Os agricultores mais pobres, que não podem comprar fertilizantes, como os do sul da África, poderiam aumentar sua produção em US $ 2,5 bilhões para US $ 7,2 bilhões, disse Zilberman.

"Essa tecnologia será revolucionária", disse ele. "Será bom para os agricultores, será bom para os consumidores e será bom para o meio ambiente".

Fonte//LiveSience

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Centenas de detidos fogem duma prisão de Trípoli

Cerca de 400 detidos fugiram no domingo numa prisão nos subúrbios ao sul da capital da Líbia, Trípoli.

Desde 26 de Agosto, nos subúrbios do sul de Trípoli foram registados vários confrontos entre a chamada Sétima Brigada de Tarhouna, também conhecida como Kaniyat, e o Batalhão Revolucionário de Trípoli (TRB). Pelo menos 40 pessoas morreram.

A Líbia está em crise desde a guerra civil de 2011, que resultou na derrubada de seu líder de longa data, Muammar Gaddafi. A parte oriental do país é governada pela Câmara dos Representantes com sede na cidade de Tobruk.

A parte ocidentar é governada pelo Governo do Acordo Nacional (GNA), apoiado pela ONU e liderado pelo primeiro-ministro Fayez Sarraj, e está sediado em Trípoli.

 

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, condenou no sábado as continuadas guerrilhas em Trípoli e nas proximidades, em particular, o bombardeamento indiscriminado, que matou e feriu civis, incluindo crianças.

 

A ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) disse em um comunicado na sexta-feira, que cerca de 8.000 refugiados e com pedidos de asilo continuam presos em centros fechados de detenção sem condições minimas após recentes confrontos entre grupos armados rivais na capital da Líbia, Trípoli.

Além disso, a Líbia tem servido como um importante centro de contrabando e um ponto de trânsito para imigrantes sem documentos que fogem do Médio Oriente e Norte da África e pretendem alcançar o continente europeu.

De acordo com os números da ONU, mais de 60.300 imigrantes sem documentos tentaram chegar à Europa usando rotas no Mar Mediterrâneo desde o início do ano.

 

Fonte//SputnikNews

domingo, 2 de setembro de 2018

Ferries gregos parados devido a greve de tripulantes

Os ferries gregos permanecerão nos portos até segunda-feira, interrompendo as rotas inter-ilhas depois do sindicato dos marinheiros gregos (o sindicato PNO) declarar uma greve de 24 horas exigindo um salário digno para os tripulantes. A União da PNO declaroua greve depois das operadoras de ferry não atenderem o pedido de um aumento de 5%.

A paralisação ocorre no final da temporada de férias de verão, já que as operadoras de ferries recebem serviços extras no domingo para cobrir os regressos  do fim de semana, informou a AFP.

 

Os operadores de ferry fizeram uma contra posposta de  apenas um por cento durante as negociações salariais, com iniçio em setembro de 2018 e seguido por outro aumento de um por cento em junho de 2019.

Essa greve é a primeira ação sindical desse tipo na Grécia desde o governo de Alexis Tsípras onde ocorreram  três resgates internacionais e oito anos de profundos cortes  .

Uma grande crise atingiu a Grécia após a crise financeira global de 2007-08. Entre 2010-2012, 52,9 bilhões de euros em empréstimos foram enviados  ​​para a Grécia por membros da zona do euro no âmbito do chamado Mecanismo de Empréstimos Gregos para ajudar Atenas. Em 2012-2015, a Grécia recebeu 141,8 bilhões de euros em empréstimos do European Financial Stability Facility.

 

As autoridades gregas foram forçadas a realizar reformas impopulares baseadas na austeridade em troca dos empréstimos, levando a protestos públicos generalizados

 

Fonte//SputnickNews

Gigantesco cargueiro fantasma sem tripulação aparece na costa da Birmânia

Um misterioso navio porta-contentores, sem qualquer tripulação ou carga a bordo, encalhou costa birmanesa, junto ao município de Thongwa, na região de Rangoon, antiga capital do país.




[caption id="attachment_1969" align="aligncenter" width="200"] Foto Zap[/caption]

Segundo revela o Myanmar Times, que cita a polícia local, um misterioso navio cargueiro não tripulado, sem qualquer carga a bordo, encalhou esta na quinta-feira na costa birmanesa, nas proximidades do município de Thongwa, na região de Rangoon.


Segundo a polícia de Thongwa, a embarcação, com o nome de "Sam Ratulangi PB 1600", foi vista pela primeira vez por pescadores, na terça-feira, a cerca de 11 quilómetros da vila de Thama Seitta.

[caption id="attachment_1970" align="aligncenter" width="200"] Foto Zap[/caption]

As grandes dimensões do navio fantasma, com 177 metros de comprimento e 28 metros de largura, tornam a sua aparência ainda mais misteriosa. De acordo com o jornal local Eleven, o navio pesa 26,5 toneladas. Quando, dois dias após o primeiro avistamento, oficiais da Marinha e militares birmaneses entraram a bordo do navio, “não encontraram nenhuma tripulação nem carga”, contou à imprensa local o deputado U Ne Winm Yangon, porta-voz do parlamento regional. “Foi muito surpreendente como um navio tão grande apareceu nas nossas águas“, afirmou.

 

U Aung Kyaw Linn, secretário-geral da Federação Independente de Navios Marítimos da Birmânia, revelou que o navio mantém condições de funcionamento. “Na minha opinião, o navio foi abandonado recentemente“, disse, o responsável, acrescentado que “deve haver uma razão para o barco ter abandonado”.

[caption id="attachment_1971" align="aligncenter" width="300"] Foto Zap[/caption]

 

De acordo com os dados registados no Maritime Telegraph, o" Sam Ratulangi PB 1600" foi construído em 2001 como um navio porta-contentores de 18,247 toneladas, e lançado ao mar sob bandeira indonésia. O navio desapareceu no Mar do Sul da China em 2009.

Fonte//MarDoPortoSanto

Irão ameaça bloquear o Estreito de Ormuz

O jornal Khaleej Times, dos Emirados Árabes Unidos, citou um funcionário do Comando Central dos EUA (CENTCOM), identificado como major Josh Jacques, dizendo que os EUA têm parceria com “muitas nações para fornecer e promover segurança e estabilidade na região”. não se referindo  diretamente à região do Golfo Pérsico.

O anúncio vem na esteira de ameaças do Irão para fechar o Estreito de Ormuz, interrompendo assim a principal rota marítima do petróleo em resposta a qualquer ação hostil dos EUA.

Em um desenvolvimento paralelo, o Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas do Irão, general Mohammed Bagheri, disse na quarta-feira que o Corpo de Guardas da Revolução Islâmica (IRGC) está pronto para defender a via estratégica se algum país infringir as leis internacionais.

Enquanto isso, o recém-nomeado comandante da marinha do IRGC, o contra-almirante Alireza Tangsiri, disse na semana passada que Teerão mantém controle total sobre o Estreito de Ormuz e o Golfo Pérsico.

Atualmente, a 5ª Frota dos EUA está implantada no Golfo Pérsico com transportadores, navios, aeronaves de ataque, marinheiros e fuzileiros navais.

Após a retirada unilateral de Washington do acordo nuclear do Irão de 2015, os EUA vêm aumentando a pressão sobre a República Islâmica, ameaçando impor sanções mais duras para levar as exportações iranianas a zero.

 

Fonte//SputnikNews