domingo, 2 de dezembro de 2018

Sodoma pode ter sido destruída por uma explosão cósmica.


Uma "explosão cósmica" comparável á de  Tunguska, na Russia, pode ter destruido uma antiga civilização do Oriente Médio.
Durante o Projeto de Escavação de Tall el-Hammam da Jordânia, os investigadores encontraram evidências de uma explosão que supostamente devastou cerca de 500 quilômetros quadrados, tendo destruído uma civilização que existiu durante milhares de anos.
 
Photo Thoth3126


Veja Tambem Bola de fogo multicolor ilimina a noite do Texas



Como a equipe de pesquisadores não encontrou nenhuma cratera de impacto, deduzem que a destruição foi causada por uma explosão na atmosfera a baixa altitude a cerca de 1 km do solo. A explosão foi tão poderosa que o zircão, que faz parte da cerâmica dos artefactos, se transformou em gás, enquanto a própria cerâmica se transformou em vidro. Tal processo acontece com temperaturas de aproximadamente 7,230 graus Fahrenheit (4,000 graus Celsius).





A datação pelo método do carbono14, indicou que as paredes de tijolos de barro desapareceram de repente há cerca de 3.700 anos, deixando apenas fundações de pedra.

Ao contrário da explosão de 1908 em Tunguska, na Sibéria, os investigadores dizem que esta aconteceu numa área de grande densidade populacional e pode ter aniquilado entre 40.000 e 65.000 pessoas que habitavam Middle Ghor, a planície circular de 25 quilômetros de largura na Jordânia.
O solo fértil de Middle Ghor ficou completamente estéril devido ao calor e ao sal das águas altamente salinas do Mar Morto devido a um tsunami causado pela explosão. Demorou quase 600 anos para a área se recuperar, estimaram os investigadores.

PhotoTaringa

Veja Tambem Historiador pensa ter descoberto a cidade perdida de Atlantis na ilha fantasma perto da Irlanda



Os cientistas afirmam que o desastre pode ser o descrito na Bíblia como a destruição da antiga cidade de Sodoma. O Alto el-Hammam ou a "Cidade do Pecado", foi destruída pela ira de Deus, segundo o Livro do Gênesis, mas ainda não há certezas disso.



Fonte //SputnikNews



Sem comentários:

Enviar um comentário