domingo, 9 de dezembro de 2018

Produção de diesel a partir de resíduos orgânicos


Um grupo de cientistas afirma poder converter resíduos líquidos e secos orgânicos, como dejetos de suínos e restos de comida, num combustível que pode ser misturado com diesel e que tem a mesma a eficiência de combustão do diesel.
 

Photo Pmemagazine

Veja Tambem Novo material, usa o calor do sol para produzir eletricidade mais barata




Os Estados Unidos produzem anualmente 79 milhões de toneladas de resíduos orgânicos secos provenientes do processamento de alimentos e da produção de animais, estando este numero a aumentar há mediada que a população aumenta. Um dos maiores obstáculos para extrair energia desses resíduos é o seu teor de água. A secagem exige quase tanta energia quanto pode ser extraída dela.

A liquefação hidrotérmica é uma solução potencial para este problema porque usa a água como agente de reação e converte até mesmo componentes lipídicos não-lipídicos (não gordurosos) em óleo biócrino que pode ser transformado posteriormente em combustível para motores.





Tentativas anteriores de destilar a bio crude gerada pelo HTL em combustíveis estáveis ​​e utilizáveis falharam. Para esta nova pesquisa, a equipe combinou a destilação com um processo chamado esterificação para converter as frações mais promissoras de biócrito destilado em um combustível líquido que pode ser misturado com diesel. O combustível corresponde aos padrões e especificações atuais do diesel.


O grupo desenvolveu reatores HTL em escala piloto para produzir o óleo bio crude para modernização, tendo conseguido de separar as frações destiláveis ​​do óleo bio crude. Usando 10-20% de combustíveis destilados misturados com diesel, obtiveram uma saída de emissões de gazes poluentes de 96-100%  similares ás do diesel comum.


Veja Tambem Avanço no processo para produzir hidrogênio para combustivel



A equipa está construindo um reator que pode ser montado em um trailer e tem a capacidade de processar uma tonelada de resíduos biológicos e produzir a volta de 100 litros de óleo biológico por dia, o que permitirá que a equipa efetue mais pesquisas e forneça parâmetros-chave para aplicação da tecnologia a uma escala comercial






Sem comentários:

Publicar um comentário