quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Porque o mar sobe mais nuns sítios que noutros


Os níveis do mar estão subindo globalmente devido ao aquecimento dos oceanos e ao derretimento do gelo, mas tao não acontece na mesma proporção em todos os lugares.
 Os níveis do mar subiram mais significativamente em algumas regiões da costa leste dos EUA em comparação com outras regiões.


Photo BrasilianPress

Veja Tambem Fauna e flora do Artico em perigo


Ao longo do século 20, o nível do mar aumentou cerca de 46cm em zonas costeiras perto de Cape Hatteras, na Carolina do Norte e ao longo da Baía de Chesapeake, na Virgínia. Já em Nova York e Miami a subida foi cerca de um metro durante o mesmo período, enquanto o nível do mar mais ao norte, em Portland, Maine, subiu apenas cerca de meio metro.
A razão é um fenômeno chamado "rebote pós-glacial", explica Chris Piecuch, principal autor de um estudo publicado em 20 de dezembro de 2018, na revista Nature.

Essencialmente, as áreas de terra no Hemisfério Norte que antes eram cobertas por gigantescas camadas de gelo durante a última Era Glacial, como o Canadá e partes do nordeste dos EUA estavam pesadas devido ao imenso peso do gelo. Por seu lado, a terra na periferia das camadas de gelo, ao longo da costa norte-americana do Atlântico, por exemplo, eram mais leves. À medida que as camadas de gelo começaram a derreter no fim do Último Máximo Glacial, há 26.500 anos atrás, as áreas opostas gradualmente elevaram-se, no efeito trampolim, enquanto as terras periféricas começaram a afundar. Apesar dos lençóis de gelo terem desaparecido há 7.000 anos, a oscilação da recuperação pós-glacial continua até hoje.








Para explorar por que o nível do mar subiu mais rápido durante o último século em áreas como a Estação Naval de Norfolk na Virgínia e os Outer Banks na Carolina do Norte, Piecuch e seus colegas fizeram medições do nível do mar, e estudaram dados de satélites GPS que mostram o quanto a terra se moveu para cima e para baixo ao longo do tempo, alem de fósseis encontrados nos sedimentos de salinas, que registram os níveis do mar no litoral. Eles combinaram todos esses dados com modelos geofísicos complexos, algo nunca feito ate então, para dar uma ideia mais completa das mudanças no nível do mar desde 1900.


A equipe de pesquisa descobriu que o “rebote pós-glacial” foi responsável pela maior parte da variação na elevação do nível do mar ao longo da costa leste. Mas, mais importante, quando esse fator foi retirado, os investigadores descobriram que as tendências do aumento do nível do mar aumentaram constantemente do Maine até a Flórida.


Photo Vix

Veja Tambem Mapas mostram como mudamos a face da Terra nos últimos 25 anos



A causa disso poderia dever-se ao derreter mais recente de glaciares e lençóis de gelo, extração de água subterrânea e a construção de barragens que aprisionaram a água no último século. Esses efeitos movem a massa de gelo e água na superfície da Terra e podem afetar a crosta, o campo de gravidade e o nível do mar do planeta.

A repercussão pós-glacial é definitivamente o fator mais importante que causou diferenças na subida do nível do mar na costa leste dos Estados Unidos ao longo do último século. É muito difícil prever como será o aumento do nível do mar e seu impacto nas comunidades costeiras



Sem comentários:

Publicar um comentário