terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Elon Musk, CEO da SpaceX, pretende ir a Marte e estima preço de viagem em US $200.000


O CEO da SpaceX, Elon Musk, disse uma vez que uma colônia auto sustentável de Marte não funcionará se as viagens até o planeta vermelho forem muito dispendiosas, mas que provavelmente custarão algumas centenas de milhares de dólares.
É um custo extraordinariamente alto, mas comportável para as pessoas a quem se destina, que são também extraordinariamente ricas.

Photo Tecmundo

Veja Tambem Cometa 46P / Wirtanen visivel durante o mes de Dezembro



Segundo declarações de Musk, no ano passado, se o custo de uma viagem rondar os US $200.000, €175.000, a probabilidade de se construir uma colonia rentável em Marte, é muito elevada.
Já no passado domingo, Musk ironizou á Axios, que “é mais provável morrer em Marte do que na Terra” segundo suas palavras, e comparando um anúncio hipotético de uma viagem a Marte com o anúncio de Ernest Shackleton para ir à Antártida, em que dizia: "Os homens queriam uma viagem perigosa. Baixos salários, frio , longas horas de completa escuridão,  e sem garantias de regresso, mas com honra e reconhecimento em caso de sucesso. "




Adiantou também que não há certezas de que os viajantes a Marte poderiam alguma vez regressar á Terra. A meta proposta pela SpaceX em Novembro de 2018 era de conseguir enviar uma missão a Marte em 2022, apenas com carga, e em 2024 repetir uma missão mas desta vez tripulada. Musk continuou e afirmou á Axios que há 70% de probabilidade de ele próprio fazer essa viagem, descartando os perigos e exemplificando que outras pessoas correm perigos extremos como os alpinistas.





A Axios fez uma pesquisa sobre o espirito aventureiro dos cidadãos americanos e concluiu que a maioria não é aventureira.
Á pergunta feita pela Axios em Novembro, se pudessem viajar no espaço o fariam, só 35% disseram sim e 31% nem respondeu.



Fonte//BigThink







Sem comentários:

Publicar um comentário