terça-feira, 11 de dezembro de 2018

As fantasias sexuais podem melhorar a sua relação


As fantasias sexuais fazem parte da mentalidade humana, e isso está comprovado
É muito natural que mesmo pessoas com relacionamentos estáveis tenham fantasias, sejam elas com o parceiro, sejam com outras pessoas.
Mas será que isso saudável para relação?

Photo iStock


Veja Tambem Namoro online, mulheres atingem o auge aos 18 e homens aos 50

Um grupo de investigadores do Centro Interdisciplinar de Herzliya, em Israel, fez um estudo sobre este tema e concluiu que fantasiar com o parceiro ajuda no relacionamento.
Chegaram á conclusão que fantasiar com outras pessoas não prejudica diretamente a relação, mas, este tipo de fantasia pode, com o tempo, agravar problemas já existentes. Aquela fase inicial de paixão não dura sempre. A relação arrefece com o passar do tempo e se o casal esforça-se cada vez menos, o interesse pode diminuir. No entanto, pode ser possível recuperar a atração, a excitação e o interesse no relacionamento de longo prazo, e as fantasias sexuais podem ter um papel importante para atingir esse objetivo.





Os investigadores dividiram o estudo em partes para entender como as fantasias sexuais afetam os relacionamentos. Foram consideradas dois tipos de fantasias sexuais. Fantasias diádicas, que são aquelas que envolvem o parceiro, e fantasias extra diádicas, fantasias que se concentram numa outra pessoa fora do relacionamento.
Descobriram que, quando a fantasia é com os nossos parceiros, é porque os desejamos e nos comportamos de maneira a fortalecer o relacionamento.

Na primeira fase do estudo, 40 casais foram convidados aleatoriamente a fantasiar com seu parceiro ou outra pessoa e depois descrever sua fantasia a um investigador, mesmo que isso fosse muito desconfortável. Depois, preencheram um questionário para verificar o interesse em fazer sexo com o parceiro e faze-lo feliz. Aqueles que tinham fantasias com seus parceiros disseram estar mais motivados a ter relações sexuais com o parceiro.
As pessoas em relacionamentos saudáveis têm a tendência a ter fantasias com seus parceiros mais frequentemente, o que faz com que o relacionamento melhore. A fantasia sexual provavelmente não vai ajudar um relacionamento deteriorado.

Photo Pinterest


 A segunda etapa teve como objetivo esclarecer o impacto da fantasia extra diádica.
Além das fantasias sexuais, alguns participantes foram convidados ter fantasias não sexuais com o parceiro ou com outra pessoa. Depois de preencher o questionário, foi verificado que os grupos que tinham fantasias não sexuais indicaram que o seu desejo sexual e motivação para terem comportamentos que fortalecessem a sua relação estava ao mesmo nível dos que tinham fantasias sexuais extra diádicas. Isso significa que ter fantasias sexuais com outra pessoa prejudica nem fortalece um relacionamento.
Um detalhe crucial do estudo foi que as fantasias sexuais aumentavam o desejo. A maior parte das pessoas tem fantasias com os parceiros, mas essas fantasias normalmente acabam por desaparecer, e o desejo sexual pode diminuir com o tempo.


Veja Tambem Falta de sexo engorda, diz estudo


Este estudo descobriu que fantasias sexuais diádicas aumentam o desejo num relacionamento, o que significa que elas podem e devem ser usadas intencionalmente para o melhorar.Fantasiar sexualmente com o seu parceiro, mesmo que isso seja feito de maneira intencional e não naturalmente, faz com que ele pareça mais atraente, e isso só por si é motivação para relacionamento mais feliz e saudável.
 O simples fato de pensar em sexo com o parceiro tem efeitos benéficos no relacionamento, levando a um maior desejo sexual, além de levar as pessoas a agir de forma mais positiva em relação a eles. As fantasias podem, servir como um mecanismo de fortalecimento dos relacionamentos e ajuda os parceiros a manter relações íntimas e satisfatórias a longo prazo, impulsionando a atração pelo parceiro e evitando comportamentos que prejudiquem o relacionamento, conclui o estudo.



Fonte//BigThink




Sem comentários:

Publicar um comentário