domingo, 28 de outubro de 2018

Fim dos plásticos descartáveis está para breve na União Europeia

Os pratos, copos, talheres, palhinhas, e todos os utensílios descartáveis em plástico, podem ter os dias contados.

Foi aprovada, esta quarta-feira, em Estrasburgo, uma proposta de diretiva para o fim dos chamados “plásticos de uso único”.


Aprovada com 571 votos a favor, 53 contra e 34 abstenções, ficou um pouco aquém da que a Comissão Europeia havia apresentado anteriormente. Apesar disso já é um grande passo para a redução do plástico no dia-a-dia.

Veja Tambem A quantidade de plásticos nos oceanos duplicará até 2050


A partir de 2021 o uso de produtos classificados como plásticos de uso único e/ou descartáveis será interditado. Aos outros materiais que são responsáveis pela contaminação das águas, como por exemplo, materiais de pesca e de filtros de cigarros, deverão os produtores e fabricantes pagar uma taxa para amortizar os custos de recolha, transporte e tratamento dos resíduos de plástico produzidos.

Segundo Fréderique Ries, os componentes de plástico usados nos filtros do tabaco devem ser reduzidos para metade até 2025 e 80%, até 2030, e no que diz respeito à pesca, foi aprovado a imposição que os Estados-membros assegurem até 2025 que 50% das artes de pesca sejam recolhidas anualmente e que 15% destes materiais sejam reciclados.

Veja Tambem A poluição plástica esta contaminar todas as cadeias alimentares


Também as garrafas de plástico descartáveis terão obrigatoriamente que ter uma recolha seletiva e a reciclagem de 90%.

A proposta será ainda negociada entre o Parlamento Europeu e o conselho de ministros do Ambiente da UE no início de Novembro, podendo sofrer algumas alterações antes de entrar em vigor, em 2019

Sem comentários:

Publicar um comentário