quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Fim do Telescópio Espacial Kepler

A Nasa anunciou esta terça-feira que o Kepler, um telescópio orbital que tem fotografado e analisado planetas distantes ao longo dos últimos nove anos, ficou sem combustível e não vai mais realizar pesquisas científicas.



 Desde o seu lançamento em Março de 2009, o telescópio identificou mais de 2.600 planetas fora do nosso sistema solar, e descobriu que cerca de metade das estrelas visíveis da Terra pode estar rodeadas por pequenos planetas rochosos semelhantes à Terra, fazendo sistemas solares, maiores ou mais pequenos que o nosso.

Veja Tambem Cientistas identificam exoplanetas onde a vida pode desenvolver-se como na Terra

No início deste ano , a Nasa ficou com a certeza que o combustível do Telescópio Espacial Kepler estava a acabar, e  já tem planeada uma substituição do telescópio para continuar com a procura contínua por planetas e estrelas fora do nosso sistema solar. Embora o Kepler não recolha mais dados, ainda há muitas imagens para serem examinadas pela NASA e outros cientistas. Assim como os biólogos continuam descobrindo novas espécies examinando as amostras já encontradas, nas coleções dos museus, os dados já recolhidos pelo Kepler podem ser trabalho de investigação para muitos anos.


   Fonte//ScienceAlert

Sem comentários:

Publicar um comentário