domingo, 9 de setembro de 2018

O derreter dos glaciares provocam tsunamis assustadores

Em Outubro de 2015 deu-se o tsunami em Taan Fiord, , uma demonstração em como as alterações  climáticas estão a mudar o planeta. Mas o problema é ainda mais preocupante, na medida em que estamos a aumentar o potencial de gerar cada vez mais eventos como este, avisam os cientistas.


Um tsunami atingiu um fiorde no Alasca há três anos, depois de 163 milhões de toneladas de rochas caírem na água e provocarem uma onda gigantesca, tendo alcançado altitudes superiores a 182 metros e foi um dos maiores tsunamis já registados.

Leia Mais Mudanças climáticas fazem aumentar número de mortes

Com os glaciares  a derreter, irão acontecer cada vez mais deslizamentos de terra, adiantam os autores do estudo exemplificando Dan Shugar geocientista da Universidade de Washington, “Há 40 anos, Taan Fiord não existia. Estava cheio de gelo”,

O glaciar Tyndall recuou cerca de 16 quilómetros entre 1961 e 1991. Isto não causou apenas a abertura do fiorde como removeu uma grande massa de gelo que apoiava e suportava as paredes rochosas.

Leia Mais A circulação dos oceanos diminuiu drasticamente e nao se deve ás alterações climáticas


Quando o deslizamento de pedras ocorreu, a forma afunilada do fiorde originou  a que a onda gigantesca viajasse muito rápido, a cerca de 96 quilómetros por hora, e como não tinha por onde escapar subiu as encostas..

Certo é que este não será a única ocorrência do género e, segundo os cientistas, podemos esperar mais deste tipo de fenómenos extremos quando os grandes glaciares recuarem e as montanhas ao seu redor deixarem de ser suportadas e cederem.

Leia Mais As mudanças climáticas podem alterar todo o mundo

Ainda assim, tsunamis e avalanches não são os únicos perigos causados pelo recuo dos glaciares. Quando os glaciares derretem poderão originar grandes lagos a grandes altitudes, que podem irromper  de repente pelas encostas e causar grandes aluviões .



Fonte//LivesCiense

Sem comentários:

Publicar um comentário