segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Engenheiro chinês construiu robot para recuperar 7,5 trilhões de litros de água potável

Um engenheiro de 28 anos construiu um robô que poderia recuperar 7,5 trilhões de litros  de água potável perdida em todo o mundo. Quando Wu era criança, na China, as autoridades cortavam a água na cidade onde vivia, meio dia por semana em nome da conservação.

Isto levou a que  Wu se interessasse pela escassez de água, tendo escolhido estudar  o assunto mais profundamente depois de se mudar para os Estados Unidos, há dez anos.

Graduado do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, atualmente com 28 anos, desenvolveu um robô para encontrar derrames nas canalizações de água.

Á medida que o robô se move juntamente com a água dentro do tubo, os sensores descobrem as forças de sucção causadas por roturas e derrames.

Wu demorou cinco anos para criar um protótipo funcional. A versão atual, Lighthouse, foi lançada em janeiro, pouco depois de Wu ser nomeada para a lista 2018 '30 Under30 'da Forbes.

Leia MaisKalashnikov desenvolve novo super-carro elétrico para competir com a Tesla


Wu e seu amigo de faculdade, Tyler Mantel, estão agora trabalhando para expandir seus negócios, a WatchTower Robotics , que eles fundaram em junho - com o apoio do Techstars Sustainability Accelerator .

A Carta de Relatório de Infraestrutura da Sociedade Americana de Engenheiros Civis de 2017 estima que haja 240 mil ruturas nos Estados Unidos por  ano, o equivalente a desperdiçar mais de 7,5 trilhões de litros de água potável tratada por ano. Cerca de 20% da água potavel em todo o mundo é perdida diariamente, de acordo com a WatchTower Robotics.

Muitos métodos de deteção de derrames estão disponíveis no mercado, mas essas opções dependem da escuta de sons causados ​​por vibrações das canalizaçoes e redução de pressão. Concentrar-se na acústica não funciona bem nas cidades por causa dos níveis de ruído, disse Wu, acrescentando que seu robô Lighthouse é eficaz tanto nas cidades quanto nas áreas rurais.

O robô foi concebido para inspecionar os canos sem interromper o serviço de abastecimento  de água, e pode ser colocado nos canos e em junções de três vias. A partir daí, um sistema de análise cria um mapa que informa aos operadores da rede onde estão os derrames, o tamanho do mesmo e a probabilidade de rotura total.

Leia MaisGrande competição na China para a construção de robots sexuais


Até agora, os robôs foram testados na Arábia Saudita, Virgínia e no Reino Unido.

A WatchTower Robotics também está conduzindo programas piloto em Massachusetts com o Departamento de Águas de Cambridge e na Austrália com a empresa de serviços de deteção de controlo de derrames, Detection Services.

O robot de Wu também foi recentemente nomeado o vencedor nacional do James Dyson Award, uma competição internacional de design.

Leia MaisA energia resultante da fusão está perto


"Meu objetivo final é colocar nossas ferramentas robóticas nas mãos de técnicos em todas as cidades do mundo, para que cada cidade do mundo possa ter menos perda de água devido a roturas e suportar mais crescimento populacional", disse Wu.

 

Fonte// SienceAlert

Sem comentários:

Publicar um comentário