quarta-feira, 25 de julho de 2018

Especialistas Apostam na Continuação do Bitcoin ema Alta

O bitcoin chegou aos US$ 8.500 às 20:00 de terça-feira (24), acumulando uma valorização superior a 40% nos últimos 30 dias. No Brasil, de acordo com o IPB, a cotação do bitcoin chegou a R$ 32.000.

Na manhã desta quarta (25), o preço encontra-se na casa dos US$ 8.200 e R$ 30.650.

Conforme publicado no Portal do Bitcoin, algumas coisas estão impulsionando a alta no mercado. Para começar, a SEC está avaliando mais alguns pedidos de ETF de Bitcoin e, segundo fontes do ICO Journal, há grandes chances de aprovação. A SEC, porém, adiou as decisões até setembro.

Além disso, a notícia de que a BlackRock, a maior administradora de ativos do mundo, está interessada em bitcoin e nas criptomoedas, ainda está alimentando o mercado, com os investidores esperando que uma onda de dinheiro institucional impulsione a demanda por criptoativos.

O que estão falando?


Em entrevista à CBNC, o trader de criptomoedas Brian Kelly disse que a moeda digital provavelmente continuará se valorizando. Embora o bitcoin não esteja nem perto de suas altas de dezembro, onde chegou próximo dos US$ 20.000 (R$ 70.000 no Brasil), a criptomoeda aumentou de forma constante nas últimas semanas.

Tom Lee, Diretor e chefe de pesquisa da Fundstrat, disse que o movimento de alta de 20% desta semana sinaliza um retorno do sentimento otimista.

 

Apesar de US$ 8.000 ter sido um ponto importante, a alta da semana passada acima de US$ 7.800 foi ainda mais significativa, segundo o analista sênior da eToro, Mati Greenspan. ”O próximo nível de resistência é de US $ 10.000”, continuou. No twitter, ele comentou que podemos estar à beira da maior alta da história do bitcoin.

Também no Twitter, Erik Voorhees, CEO da Coinbase e CZ, CEO da Binance, se mostraram empolgados com o BTC. Voorhees comemorou a chegada aos US$ 8.000 enquanto CZ questionou seus seguidores se eles ”estavam a bordo”.

 

US$ 800 bilhões em 12 meses


Mike Novogratz, bilionário e fundador da Galaxy Digital, acredita que a capitalização de mercado das criptomoedas não chegará a US$ 800 bilhões até o final deste ano, como previa anteriormente. No entanto, o investidor afirma que fará isso nos próximos 12 meses, o que significaria um aumento de 2,6 vezes.

 

 

 

Para atrair mais investidores institucionais, Novogratz enfatizou mais uma vez a importância de serviços de custódia. Uma vez que esses investidores vejam nomes importantes como o Goldman Sachs, eles serão instantaneamente convencidos. No entanto, a Coinbase Custody e a BitGo, apesar de terem um futuro de sucesso, não conseguem fazer este trabalho na opinião do Novogratz.

 

Ainda comentando sobre um futuro movimento maior dos players institucionais, esse disse que é real, mas ainda não chegou lá, acrescentando que os fundos de pensão modernos virão primeiro e depois todos os outros seguirão.

 

Fonte// Portal do bitcoin

Sem comentários:

Publicar um comentário